Elizabeth Soares Elizabeth Soares 11/02/2008

A forma como utilizamos o tempo indica nossa
habilidade de gerenciamento pessoal

Arte: Laura Martins Ferreira - ilustração com vários relógios
Acessibilidade:
Ouça a matéria

Tenho lidado com diversos profissionais pouco satisfeitos com a própria performance no que diz respeito à utilização do próprio tempo. São pessoas que olham para si mesmas e não se convencem de que estão sendo suficientemente dedicadas e disciplinadas em relação às suas próprias metas. O resultado disto é uma recorrente insatisfação pessoal devido à sensação de estar produzido aquém, isto é, por concentrar esforços apenas nos "últimos minutos do segundo tempo".

Cada um de nós dispõe de um tempo e de uma vida que não duram para sempre. Aprender a manter o foco, ao invés de dispersar a atenção, fará grande diferença na nossa imagem profissional e na velocidade com que atingimos nossas metas. Para as pessoas que desejam melhorar sua eficácia na forma como andam utilizando as horas de seus dias, minha sugestão é que procurem refletir sobre as questões abaixo, lembrando que todo comportamento pode ser desenvolvido caso seja uma escolha pessoal e exercitado de maneira constante:

Mantenha o foco

Existem diversas ferramentas que contribuem para se construir uma estratégia eficaz de administração do tempo. Organizar sua vida em uma base semanal pode ajudar a manter o foco nos projetos de vida e de carreira.

O autogoverno eficaz é resultado da habilidade de gerenciar o próprio tempo e, para isto, será necessário, antes de tudo, tomar decisões e fazer escolhas de acordo com a própria vontade ao invés de se deixar levar pelos estímulos externos. Parece óbvio, entretanto, vale reforçar que uma pessoa eficaz coloca a tarefa mais importante em primeiro lugar, ao invés, da mais urgente ou mesmo da mais agradável.

Seja líder de si mesmo

A pessoa que desenvolve a habilidade de se manter focada e motivada torna-se o que podemos chamar de "líder de si mesma!". O primeiro passo da liderança está na habilidade para resolver problemas racionalmente, fixando prioridades e controlando fatores que geram ansiedade. Desenvolver atitudes com foco em objetivos é o caminho para se adquirir uma das mais cobiçadas competências que o mercado de trabalho deseja.

De acordo com um estudo realizado pela consultoria DBM especializada em recolocação de executivos, a capacidade de liderança está entre as três características determinantes para a contratação de um novo profissional, ou seja, a pessoa que demonstrar liderança, juntamente com a capacidade de comunicação e adaptação, ganha pontos extras em um processo seletivo.

Visualize os resultados

Para não repetir o padrão de reagir a questões urgentes, inúteis ou simplesmente agradáveis e fáceis, pense em que atitudes de sua parte irão contribuir com os resultados que você deseja. De acordo com uma pesquisa realizada pelo dr. Charles Garfield, ph.D. em psicologia, uma das características encontradas em pessoas com performances admiráveis são visualizadores.

Isto significa dizer que as ações das pessoas bem sucedidas são coerentes com os objetivos que elas visualizam em um contexto maior. É como se ao agir, a pessoa tivesse como parâmetro tudo o que já viu, sentiu e experimentou em sua mente.

Quebre o mito da falta de disciplina

A maioria das pessoas acredita que são preguiçosas e indisciplinadas em relação às suas metas. Entretanto, para o especialista em liderança, Stephen Covey, as pessoas precisam entrar em contato com sua missão pessoal, seus princípios e o valor de cada papel que desempenham para, a partir daí, possuírem a base necessária para sustentar o esforço e a persistência.

As idéias aqui apresentadas podem parecer ambiciosas para pessoas presas em um ciclo repetitivo de atividades urgentes e de pouco resultado. Entretanto, batalhar para desenvolver atitudes e comportamentos mais eficazes pode provocar um forte impacto em sua vida profissional. A forma como você utiliza o tempo reflete a forma como você tem conduzido a sua vida.

Crie, com freqüência, momentos de isolamento para refletir, avaliar e ajustar suas atitudes. Entre viver de forma estratégica ou desfocada, existe uma escolha, portanto, decida de forma consciente qual é o seu posicionamento e dê um salto em sua carreira.


Elizabeth Soares
é psicóloga com foco em desenvolvimento de pessoas
Saiba mais clicando aqui.

Sobre quais temas (da área de Carreira) você quer ler nesta seção? A psicóloga Elizabeth Soares aguarda suas sugestões no e-mail educacao_carreira@acessa.com

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.