• Assinantes
  • Autenticação
  • Educação

    Educação para além da escolarização: processo permanente de aprendizagem 

    Jungley Torres Jungley Torres 7/06/2019

    Somos seres inacabados e não nascemos prontos; temos de ser formadas, na dialética de formação/ transformação e contínuo aprendizagem nos fazemos. Essa formação pode nos levar à vida como benefício ou à vida como malefício, da pessoa que é capaz de produzir benefício ou da que é capaz de produzir malefício.

    Essas dualidades ontológicas/ existenciais fazem parte do nosso percurso, esses “dilemas”, “trilemas”, “tetralemas” e infinitas questões: “pego ou não pego”, “faço ou não faço”, “vou ou não vou”, etc. surgem em nosso percurso. Todos e todas somos capazes de ambas as coisas, afinal de contas, existe um pressuposto ético e por consequência de liberdade, em outra palavras, sou eu quem decido a minha conduta. E a palavra “decido” é marcante porque sinaliza quais são os critérios e valores que eu uso para me conduzir na vida coletiva.

    Trazendo essa incompletude ao âmbito do educador é fundamental que o mesmo reconheça que não está perfeito, não está concluído, não está terminado. Esse é um sinal de humildade que ajuda a crescer, o que, quando desejamos edificar uma convivência decente, requer de nós a urgência de nos prepararmos ainda mais para os desafios. Educar é fluxo contínuo, educação engloba os processos de ensinar e de aprender. No centro de um sistema educativo deve situar-se o ser humano a educar, num horizonte de plenitude.

    Em suma, educar é tarefa permanente. E, evidentemente, não se dá apenas no interior da sala de aula. Escolarização é uma parte da Educação. Formar pessoas é uma atividade que demanda fazer bem aquilo que se faz e fazer o bem com aquilo que se faz, mais do que jogo de palavras, trata- se de firmeza de propósito.

    Fazer bem é questão de competência. Fazer o bem é empreender esforço e engajar- se, nesse sentido, educação coincide com os conceitos de socialização e endoculturação, mas não se resume a estes.
    # Pensemos no processo permanente de aprendizagem.

    Jungley Torres

    Área de formação: Filosofia, Pedagogia e Teologia.

    Área de interesse: desdobramento dos aspectos ontológicos, existências, hermenêuticos, da subjetividade e fenomenologia. Estudo de discursos e saberes que constituem as práticas educativas; Educação e Linguagem, com enfoque no discurso pedagógico contemporâneo.

    Os autores dos artigos assumem inteira responsabilidade pelo conteúdo dos textos de sua autoria. A opinião dos autores não necessariamente expressa a linha editorial e a visão do Portal ACESSA.com

    A Melhor Internet Está Aqui

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.