• Assinantes
  • Autenticação
  • Educação

    Provas do vestibular UFJF começam a ser corrigidas Instituição revela normas que evitam possíveis fraudes nas correções das provas da segunda etapa do vestibular e PISM

    Thiago Werneck
    Repórter
    08/01/2008

    As provas do vestibular da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) e também do Programa de Ingresso Seletivo Misto (PISM) III já estão sendo corrigidas. A UFJF informou as medidas de segurança que utiliza para evitar fraudes nas provas (veja algumas delas no vídeo).

    A primeira medida da banca examinadora é se reunir para fazer a convenção de quais são as respostas certas para cada questão. O objetivo é ter um modelo a seguir para ser justo ao dar a nota. É o também chamado gabarito das questões discursivas que deve ser divulgado pela UFJF nos próximos dias.

    Para garantir a segurança contra fraudes uma das medidas é a não identificação dos candidatos nas folhas do exame. Quando o candidato entrega seu caderno de respostas, o fiscal cola uma etiqueta com o número de inscrição mais alguns algarismos aleatórios. Os dois identificadores são separados e apenas os numerais aleatórios seguem para banca, o de inscrição é mantido em cofres da Comissão Permanente de Vestibular (Copese).

    Com essa medida não há como a banca saber de quem é a prova que está sendo corrigida. Como todos os cadernos respostas estão sem nada que os identifique fica garantida a imparcialidade. Após a correção, os números aleatórios são colocados em um programa de computador que encontra seu número de inscrição correspondente.

    Além dessa medida, as salas onde são feitas as correções são vigiadas por câmeras durante 24 horas e três vigias. O diretor da Copese, José Maria Pereira Guerra, afirma que medidas como essa garantem a transparência do processo seletivo. "Procuramos também dar todo conforto aos professores, com lanches e liberdade de horários. Assim eles podem corrigir todas as provas com a mesma atenção". Dessa forma não importa se elas é a primeira ou a última a ser avaliada.

    Foto de Rafel Doria As bancas de correção são diferentes das que elaboram as questões. Somente em alguns casos se repetem professores. Todos eles são escolhidos em seus departamentos e sempre há uma rotatividade, embora que pequena, dos docentes que integram as bancas.

    Para evitar erros de interpretações todas as questões são corrigidas de forma separada por dois professores, cada um dá sua nota. Os valores vão para o computador que acusa quando há diferença fora das margens de erro. Nesse caso, a banca avalia mais uma vez a questão para dar a pontuação final.

    Na hora de passar as notas para o sistema que soma os pontos de cada prova, o trabalho também é feito de forma separada e em duplas para evitar erros. "Os candidatos podem ter certeza que são pessoas bem preparadas e treinadas para fazer isso. Mas uma falha de um pode acontecer, mas ela é corrigida pelo outro", confia José Maria.

    Para evitar desgaste no momento de repassar esses pontos, as atividades acontecem simultaneamente às correções. "As notas vão saindo e eles já jogam no sistema para não deixar tudo acontecer de uma vez". Cada banca escolhe sua forma e horários de corrigir as provas, apenas respeitando as regras de duplas e o prazo de entrega para notas.

    Vestibular 2009

    Foto de Isabella Reis A UFJF informou que a relação dos livros que vão ser cobrados no próximo vestibular vai ser anunciada nos próximos dias. A Copese ainda faz um balanço dos pontos positivos e negativos das provas do processo seletivo 2008 para anunciar possíveis mudanças.

    A primeira preocupação para o próximo concurso é com as pessoas que ficam esperando os vestibulandos nos locais de provas. "A gente se preocupa sempre com os vestibulandos, mas dessa vez vamos tentar humanizar mais essa espera. O primeiro passo seria colocar banheiros químicos para os visitantes", explica José Maria.

    As medidas para atender as pessoas com necessidades especiais foram consideradas um sucesso e vão ser mantidas para o próximo ano. O recolhimento de digitais dos candidatos e as fotografias e filmagens das salas vão ser mantidas, bem como o recolhimento dos pertences particulares em sacos plásticos.

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Publicitário

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.