• Assinantes
  • Autenticação
  • Educação

    Internet sem fio e ligações telefônicas a baixo custo Instituições de ensino superior de JF começam a implantar tecnologias que facilitam o aprendizado tanto de alunos quanto dos professores

    Sílvia Zoche
    Subeditora
    28/05/2007

    Discutir, entender e ter a possibilidade de ver na prática avanços do mundo tecnológico. Faculdades que possuem curso superior na área de Informática costumam organizar semanas acadêmicas com este propósito, além das salas de aula.

    No caso da "3ª Semana de Desenvolvimento Web e Design Gráfico", realizada entre os os dias 21 e 26 de maio, no Instituto Vianna Júnior, foram organizadas diversas programações como mesas redondas, palestras e videoconferências. Na ocasião, a diretora-presidente da instituição, Jacqueline Pires Vianna (foto abaixo), enfatizou o lançamento da rede de acesso sem fio à internet como nova ferramenta para os alunos.

    A idéia de instalar o serviço wireless, também conhecido como wi-fi ou sem fio, surgiu depois de uma visita da presidente à Fundação Getúlio Vargas. "Vi uma antena e quis saber o que era. E pensei em trazer para a instituição. É uma tecnologia que propicia uma nova forma de aprendizado, ensino personalizado e globalizado", comenta.

    Desde a idéia até a execução do projeto na instituição, Jacqueline diz que foram dois meses. "Mas esperamos o momento da Semana Web para fazer o lançamento", revela.

    Os alunos, professores e funcionários que possuírem algum dispositivo móvel com a tecnologia wi-fi, como notebooks, terão acesso à internet, em qualquer ponto do Instituto, com a vantagem da mobilidade. Para facilitar a aquisição dos equipamentos móveis, o Instituto negociou linhas de crédito para que estudantes, professores e colaboradores possam comprar seus próprios notebooks, tanto à vista ou em 12 vezes sem juros.

    Jacqueline Vianna Mas isto não significa que os laboratórios de informática serão extintos, tanto porque no começo as pessoas ainda estão adquirindo os equipamentos necessários, quanto como diz Jacqueline, "é utopia pensar que 100% dos alunos terão notebook".

    Ela ainda comenta que a internet sem fio é "uma forma de democratizar o ensino. A grande preocupação é que os avanços tecnológicos não sejam entendidos como modismos e, sim, como verdadeiros instrumentos do conhecimento".

    Para que as pessoas se familiarizem com a internet sem fio, foi contratado um profissional específico para o período que Jacqueline chama de adaptação. "Acredito que vai ser um período curto", diz.

    O acesso à internet vai ser simples. Quem quiser navegar somente pelo site da instituição para obter informações acadêmicas, terá acesso livre. Já para navegar por outros sites e portais, é necessário que a pessoa digite seus login e senha, previamente cadastrados no sistema. É uma forma de não deixar a rede wi-fi aberta para pessoas que não estão no Instituto, como explica o supervisor de Sistemas da instituição, Rômulo Pereira Franks (foto abaixo).

    Rômulo Pereira Franks A velocidade para navegação é de 64k, caso a pessoa precise de mais para, por exemplo, baixar um vídeo, verificar arquivos mais pesados, ela pode comprar o cartão ACESSABR, que vai disponibilizar até 2Mb.

    Para as pessoas que não são da instituição e querem a comodidade de usar a internet sem fio, é só adquirir o cartão sem necessidade de cadastramento prévio no sistema. "A idéia é simplificar ao máximo", explica Rômulo.

    E quem obtiver o cartão ainda tem outra comodidade. Poderá fazer ligações a baixo custo, pelo VoIP, através de telefones específicos já instalados na instituição. E não precisa estudar ou trabalhar no Vianna Júnio, para fazer as ligações. Quem visitar o Instituto e quiser utilizar as cabines, pode comprar o cartão.

    Semana acadêmica
    Além do Vianna que é a primeira instituição de ensino na cidade a oferecer aos alunos os serviços wi-fi e VoIP de forma efetiva, o Granbery também experimentou a novidade quando realizou a "IV Semana de Informática", entre os dias 19 e 26 de maio.

    José Flávio Bellotti Os participantes da semana tiveram contato com a internet sem fio e ligações a baixo custo, usando o cartão ACESSABR, assim como aconteceu no Intercom Sudeste 2007 (leia a matéria).

    Segundo o gerente de Teconologia da Informação da instituição, José Flávio Bellotti (foto), está entre os planos da instituição implementar o wi-fi no Granbery. "De uma certa forma, é um momento de testar a tecnologia e ver a reação das pessoas, apesar do espaço", comentou Bellotti sobre o uso das tecnologias na Semana da Informática, que enfatizou a característica da mobilidade que o wi-fi garante e o custo-benefício do VoIP nas ligações telefônicas.

    Bellotti revela que existe um projeto coordenado pelo professor Davi N. Betts que deseja integrar a rede metodista através do VoIP. "O Granbery busca aderir novos procedimentos de tecnologia", citando como exemplos já implantados o pólo de educação à distância e o projeto de introdução de segurança digital. Já a rede livre, através da internet sem fio pode acontecer ainda este ano. "Havendo viabilidade de implantação, isso pode acontecer no segundo semestre", comenta.


    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.