Terça-feira, 26 de fevereiro de 2008, atualizada às 17h07

Congregação do CTU aprova projeto que desvincula o colégio da UFJF e cria o IFET



Priscila Magalhães
Repórter
Foto do CTU
Leia mais:
  • Veja os benefícios de o CTU se desvincular da UFJF

A Congregação Técnica do CTU se reuniu nesta terça-feira, 26 de fevereiro, e aprovou, com 67 votos a favor e cinco contra, o projeto que desvincula o Colégio Técnico Universitário (CTU) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF).

A Congregação é formada por professores, estudantes e servidores do Colégio e se reuniu após a audiência pública realizada no último dia 21. "A audiência foi importante, porque recebemos a comunidade e passamos a ela as informações referentes às mudanças", ressalta o diretor do CTU, professor Paulo Rogério Araújo Guimarães.

Agora, o projeto segue para votação no Conselho Superior da UFJF e a votação deve acontecer nesta sexta-feira, 29. Para Guimarães, a expectativa é positiva. "É difícil antecipar a decisão do Conselho, mas tenho esperança que ele seja sensível à votação expressiva que houve no CTU", diz ele.

Se a UFJF aprovar o projeto, o CTU tem até o dia 11 de março para enviar a proposta ao Ministério da Educação (MEC), que também vai avaliar, tendo até o dia 31 de março para dizer se foi aprovado ou não. Com esta aprovação, o CTU passa a ser um Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFET) e vai funcionar desvinculado da UFJF.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.