Quinta-feira, 06 de março de 2008, atualizada às 12h40

Aumento do número de bolsas do Programa de Iniciação Científica e Tecnológica para alunos da UFJF



Renata Solano
*Colaboração

O número de bolsas financiadas pela Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais (Fapemig) para estudantes da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) aumentou este ano. Em 2007, a instituição contava com oitenta bolsas e este ano o número cresceu para cem.

Segundo a pró-reitora de pesquisa da universidade, Marta D'Agosto, a ampliação do número de bolsas é uma maneira de reconhecer o trabalho que vem sendo desenvolvido dentro da UFJF. "A UFJF tem o intuito de oferecer meios para que os pesquisadores da universidade atuem de forma eficiente, além disso, nosso objetivo é fazer uma gestão eficaz junto aos órgãos financiadores", completa.

Através do Programa de Bolsas de Iniciação Científica e Tecnológica (Probic), que tem como objetivo formar recursos humanos qualificados e dar suporte aos pesquisadores no desenvolvimento das atividades de pesquisa, o aluno recebe uma bolsa no valor de R$ 300** e atua em projetos financiados, sendo priorizados os contemplados em editais da Fapemig.

De acordo com a assessoria da Fapemig, o aumento no número de cotas das bolsas do Probic oferecidas para estudabntes da UFJF é devido ao pedido feito pela instituição através de uma carta. A carta foi lida pela diretoria científica da Fapemig que deferiu o pedido.

*Renata Solano é estudante de Comunicação Social da UFJF

** Valor informado em março de 2008

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.