Segunda-feira, 29 de setembro de 2008 atualizada às 16h

Rede estadual de ensino de Juiz de Fora volta às aulas



Daniele Gruppi
Repórter

Os professores da rede estadual de ensino decidiram pela suspensão da greve, iniciada no dia 28 de agosto. As aulas voltam nesta terça-feira, dia 30 de setembro. Nesta segunda-feira, dia 29 de outubro, acontece uma assembléia, às 17h, para referendar a decisão tomada em assembléia estadual que foi pelo fim da greve.

Em Juiz de Fora, o movimento foi avaliado como positivo pela categoria, apesar de nem todas as reivindicações terem sido atendidas. Segundo a diretora do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (SindUte) em Juiz de Fora, Lúcia Mellino, a Secretaria de Estado da Educação reafirmou o compromisso de negociação sobre a questão salarial, em documento assinado, mas sem apresentar um cronograma. A categoria luta pela implantação imediata do piso salarial no estado de R$ 950 para professores do ensino básico de todo país.

O Governo apresentou posicionamento favorável apenas em alguns pontos da pauta de reivindicação, como o reposicionamento na carreira, progressão e promoção; pagamento do rateio dos designados; gozo de férias-prêmio; alteração no processo de escolha de diretores de escola e realização de concurso público.

A comissão de negociação vai discutir com a Secretaria o planejamento dos dias de greve. Na cidade, 20% dos professores aderiram à greve - a baixa participação se justifica pela ameaça de corte de salário. No dia 30 de outubro, há uma nova assembléia, já que a categoria deliberou pela manutenção do estado de greve.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.