Terça-feira, 26 de maio de 2009, atualizada às 18h45

Aulas da rede municipal serão repostas aos sábados e com atividades extraclasse

Clecius Campos
Repórter

Os professores da rede municipal de ensino aprovaram o calendário de reposição de aulas referente aos 25 dias de greve pela campanha salarial, finalizada na última segunda-feira, dia 25 de maio. Ficou definido que as férias coletivas da categoria em julho estão garantidas e que a reposição não irá avançar até o próximo ano.

Para compensar as faltas, serão usados nove sábados do ano, atividades extraclasse e extensão da carga horária diária. As classes do primeiro ao quinto ano do ensino fundamental terão mais 30 minutos de aula por dia. As do sexto ao nono ano, mais uma hora por dia.

O dia 31 de julho, destinado à reunião pedagógica, também será utilizado para reposição de aulas. Os dias 21, 22, 23, 28, 29 e 30 de dezembro, que antes eram recessos, irão complementar o ano letivo.

De acordo com o coordenador do Sindicato dos Professores (Sinpro), Flávio Bitarello, os profissionais voltam às aulas em estado de alerta, acompanhando a implementação do acordo estabelecido na última segunda-feira, dia 25. "Se identificarmos qualquer ataque ao plano de carreira do magistério municipal será convocada nova assembleia para mobilização da categoria."

Os textos são revisados por Madalena Fernandes

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.