• Assinantes
  • Autenticação
  • Educação
    Quarta-feira, 10 de junho de 2009, atualizada às 18h56

    CPC I terá turmas preparatórias para PISM II e III. Cerca de 1500 vagas serão oferecidas

    Clecius Campos
    Repórter

    Aproximadamente 1.500 vagas serão oferecidas nos Cursos Preparatórios para Concursos (CPC I e II), da Prefeitura de Juiz de Fora, este ano. A novidade é a criação das turmas preparatórias para o Programa de Ingresso Seletivo Misto (Pism) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF).

    Estão disponíveis 85 vagas para cada módulo do programa. De acordo com a secretária de Assistência Social (SAS), Silvana Barbosa, a grande procura por esse tipo de preparação motivou a oferta das vagas.

    Além das turmas de Pism, serão oferecidas 520 vagas para o curso pré-vestibular, 177 para o preparatório para o Colégio Técnico Universitário (CTU) (CPC I) e 615 para o preparatório para concursos públicos (CPC II).

    "As aulas do pré-vestibular intensivo serão realizadas na sede do CPC, no Centro da cidade, e em outros dez bairros. A ideia é atender ao maior número de pessoas possível, sem que esses alunos precisem se deslocar para o Centro."

    O pré-vestibular ganhará um formato diferente do oferecido nos outros anos. Os professores irão adequar todo o material para oferecer um curso preparatório intensivo. O conteúdo será baseado no programa do vestibular da UFJF. "Como as aulas começam no dia 3 de agosto, essa foi a saída para ver todo o conteúdo em pouco tempo."

    As inscrições para o CPC I ficam abertas entre os dias 15 e 19 de junho. O CPC II recebe matrícula entre os dias 22 e 29 de junho. Os interessados devem comparecer à rua Marechal Deodoro 230, 4º andar, das 8h30 às 19h. Os documentos necessários são: duas fotos 3x4, comprovante de residência, documento de identidade e CPF, comprovante de escolaridade (histórico escolar ou declaração) e comprovante de renda dos familiares acima de 16 anos.

    "É importante declarar a renda de todos da família, pois em caso de falta de vagas, serão selecionados aqueles que tiverem menor renda familiar." A expectativa, segundo Silvana, é de que todas as vagas sejam preenchidas.

    Retomada das aulas

    Segundo a secretária, a escolha por interromper os trabalhos dos CPCs foi do antigo titular da SAS, Marcelo Garcia. Assim que assumiu, no final de março de 2009, Silvana tomou a iniciativa de retomar o programa. A inteção era que as aulas começassem em maio. "No entanto, foi necessário um tempo maior para a preparação do conteúdo. Com a greve dos professores, a programação das aulas e a elaboração do material didático ficaram atrasadas."

    Para Silvana, a manutenção do programa é importante, pois permite a moradores de comunidades carentes a possibilidade de disputar com os demais candidatos em concursos públicos. "Qualquer porta aberta, seja para educação, seja para o mercado de trabalho, é de grande valia."

    Os textos são revisados por Madalena Fernandes

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Publicitário

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.