Terça-feira, 17 de novembro de 2009, atualizada às 18h50

Alunos de escolas municipais recebem orientações sobre promoção da saúde

Aline Furtado
Repórter

Estudantes de cinco escolas públicas municipais de Juiz de Fora recebem, a partir desta terça-feira, 17 de novembro, orientações, por meio de ações educativas que buscam a promoção da saúde. As atividades fazem parte da edição 2009 do programa Educação em Vigilância Sanitária (EducAnvisa), desenvolvido pelas Secretaria de Saúde e de Educação juntamente com a Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF).

De acordo com a supervisora de Educação em Saúde, Simone Gatti, o programa tem como objetivo colaborar para que os estudantes se conscientizem a respeito do uso racional de medicamentos. Dessa forma, contribuem para o desenvolvimento de uma visão crítica sobre a propaganda de medicações veiculadas nos meios de comunicação. "As crianças são excelentes disseminadoras da ideia do projeto junto à família. Os resultados encontrados em edições anteriores foram muito positivos."

Entre os temas trabalhados em sala de aula estão os riscos associados ao consumo inadequado de medicamentos influenciados pela propaganda, além de noções sobre alimentação saudável. "Quando tratamos sobre a propaganda, abordamos não só as medicações, mas também os cosméticos, os produtos de limpeza e a alimentação." Ela esclarece que o tema tratado varia de escola para escola. "Capacitamos por meio de eixos norteadores amplos, o que permite que os professores tenham autonomia para trabalhar como quiserem. O interessante é que o projeto busca a interdisciplinaridade."

Nesta terça-feira, a Escola Municipal Georg Rodenbach, que fica no bairro Grama, recebeu a visita da equipe do EducAnvisa, que repassou informações e distribuiu material aos alunos e professores. Participaram os alunos de quatro turmas do 3º ano e de duas turmas do 5º ano do ensino fundamental, juntamente com seis professores da instituição. O projeto teve início na cidade em 2006 e as atividades desta edição prosseguem até o próximo dia 24 (ver quadro). A supervisora destaca a intenção de expandir o projeto para outras escolas. "Queremos levar este projeto piloto às 102 escolas da rede municipal de ensino de Juiz de Fora."

EducAnvisa 2009
  • 18/11 - às 10h30 e às 13h – Escola Municipal Arlette Bastos Magalhães (Parque Independência);
  • 19/11 - às 13h30 e às 18h – Escola Municipal União da Betânia (Granjas Betânia);
  • 20/11 (horário a ser definido) – Escola Municipal Marília de Dirceu (Filgueiras);
  • 24/11 (horário a ser definido) – Escola Municipal Doutor Paulo Japyassu (Parque Guarani).
UFJF assessoria – 2102-3967

Os textos são revisados por Madalena Fernandes

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.