• Assinantes
  • Autenticação
  • Educação

    Profissional deve tomar cuidados ao procurar novo empregoA busca pela recolocação profissional enquanto empregado precisa ser acompanhada de discrição e ética. Especialistas dão dicas para evitar deslizes

    Clecius Campos
    Repórter
    10/4/2010

    A busca por uma recolocação profissional enquanto empregado é mais comum do que se imagina. De acordo com a psicóloga especialista em gestão de pessoas, Melina Lemos Reis, três fatores motivam a procura por um novo trabalho: a questão financeira, a satisfação pessoal e o crescimento profissional.

    "O salário, o relacionamento no ambiente de trabalho e com a supervisão e a falta de possibilidade de crescimento na empresa despertam o interesse por novos empregos." No entanto, alguns cuidados devem ser tomados nesse momento. O primeiro é não ficar mal com a empresa que será abandonada.

    Segundo Melina, a busca pela nova vaga pode demorar, por isso é necessário ter um bom relacionamento durante o período de transição. "É preciso ser claro que existe a vontade de crescimento. Essa promoção pode ser buscada na própria empresa. Caso não haja a vaga, é interessante comunicar o desejo de procurar pelo crescimento em outra empresa."

    A psicóloga especialista em desenvolvimento de pessoas, Elizabeth Soares, compartilha da opinião e afirma que cada vez mais a população se mostra responsável por sua carreira. Ela acredita que a busca por melhorias profissionais é natural. "A vontade de crescer, de aprender coisas novas é uma das principais características buscadas pelas empresas hoje em um profissional. Se o trabalhador não encontra perspectivas de novos desafios onde trabalha, ele deve procurar isso fora." Mas recomenda que deve ser levado em conta o nível de confiança que o funcionário tem com seu superior imediato. "Se o crescimento interno for inviável e houver a confiança, vale deixar claro sua possível saída."

    Uma forma de amenizar o desconforto é tentar planejar essa saída, passando as atribuições para outra pessoa e realizando treinamentos. "É bom negociar o desligamento de forma bem profissional." A precipitação deve ser evitada no momento de contar ou não sobre o novo emprego. "Tome cuidado para não divulgar demais sobre acontecimento incerto. Nessas situações, é sempre interessante adotar uma postura mais discreta."

    No momento da entrevista para o novo emprego o profissional deve deixar claros os motivos que o levam a buscar a recolocação. Mas é preciso ter cuidado para não tratar o atual trabalho de forma pejorativa. "É legal mencionar que a atual empresa está avisada da busca pelo novo trabalho", aconselha Melina. Elizabeth vai além. "Se o motivo da mudança for a insatisfação, a dica é não passar esse sentimento na entrevista para o novo posto."

    Qual é o momento certo de mudar de emprego?

    Elizabeth alerta para o momento certo em abandonar um emprego por outro. O ideal é fazer esse tipo de escolha quando um ciclo foi completado ou um projeto finalizado. Controlar essa ansiedade em crescer é essencial para uma boa troca. "Aproximadamente 75% das demissões acontecem por problemas de atitudes, seja por falta, por excesso ou por ações precipitadas."

    Os textos são revisados por Madalena Fernandes

    Enquete
    O que motiva a procura por um novo emprego?
      Questão financeira
      Satisfação pessoal
      Ambiente de trabalho
      Crescimento profissional


    ATENÇÃO: o resultado desta enquete não tem valor de amostragem científica e se refere apenas a um grupo de visitantes do Portal ACESSA.com.

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.