Terça-feira, 23 de agosto de 2011, atualizada às 19h09

Professores da rede municipal de ensino ocupam a Secretaria de Educação de Juiz de Fora

Jorge Júnior
Repórter
professores

Uma manifestação com centenas de professores da rede municipal de ensino de Juiz de Fora ocupou a avenida Rio Branco, por volta das 16h, desta terça-feira, 23 de agosto.

Segundo o diretor do Sindicato dos Professores (Sinpro), Péricles Lima, após a assembleia que foi realizada nesta terça, os profissionais desceram o Calçadão da rua Halfeld, passando pela avenida Getúlio Vargas, em direção à Praça Antônio Carlos, onde fica instalada a sede da Secretaria de Educação. "Os professores uniram-se na passeata e, logo depois fizeram uma ocupação simbólica da secretaria", diz.

No local, uma comissão formada por oito pessoas foi atendida pela secretária de Educação, Eleuza Maria Barboza. "Como ela tem o poder da pasta, solicitamos a verificação das verbas do Fundeb [Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação], além da verba de 25% que o município dispõe para a área de educação."

Lima acredita que, com a abordagem, Eleuza terá a oportunidade de demonstrar que está interessada em negociar. "Como as negociações com o secretário de Administração e Recursos Humanos, Vitor Valverde, são impermeáveis, queremos saber a posição da secretária."

O manifesto aconteceu logo após o término de uma assembleia da categoria, realizada às 14h, onde os professores decidiram por manter a greve, depois de mais uma rodada de negociações com a Prefeitura Municipal de Juiz de Fora. Outra assembleia foi marcada para esta sexta-feira, 26 de agosto, às 15h, na Praça Antônio Carlos. "Será uma assembleia cultural, com músicas." Outra conversa com o Executivo foi agendada para a segunda-feira, 29.

De acordo com a assessoria de imprensa da Secretaria de Educação, as negociações não tiveram avanço. O departamento confirmou a reunião marcada para o dia 29.

Os textos são revisados por Thaísa Hosken

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.