• Assinantes
  • Autenticação
  • Educação
    Quarta-feira, 14 de agosto de 2013, atualizada às 17h30

    Técnico-administrativos da UFJF paralisam nesta quinta-feira

    UFJF

    Os trabalhadores técnico-administrativos em educação da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) paralisam suas atividades nesta quinta-feira, 15 de agosto, seguindo o calendário proposto pela plenária da Federação de Sindicatos de Trabalhadores das Universidades Brasileiras – Fasubra. A decisão foi tomada em assembleia geral na UFJF, realizada na manhã desta terça-feira, 13.

    A paralisação será em defesa da saúde pública, gratuita e de qualidade, destacando a situação dos Hospitais Universitários ameaçados de privatização a partir da adesão à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH), uma estatal de direito privado. O objetivo é dar visibilidade aos problemas enfrentados pelo Hospital Universitário (HU) da UFJF, que recentemente fez uma pré-adesão à empresa. A paralisação também é contra a privatização e as terceirizações no serviço público, sobretudo através dos projetos de lei nº 4.330/04, que regulamenta a terceirização, e nº 92/07, que cria as fundações estatais de direito privado, atingindo a saúde e a educação.

    Restaurantes Universitários, bibliotecas, serviços de transporte, entre outros setores que dependem dos técnicos-administrativos como laboratórios, secretarias e coordenações não funcionam nesta quinta. Os trabalhadores farão ato em frente à reitoria da UFJF a partir de 8h30.

    A assembleia de ontem decidiu ainda seguir um calendário de mobilização com os servidores da UFJF de 26 a 29 de outubro, e também aderir à paralisação nacional de 30 de agosto junto com várias outras categorias.

    Com informações da UFJF

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Publicitário

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.