• Assinantes
  • Autenticação
  • Educação
    Quinta-feira, 10 de outubro de 2013, atualizada às 15h36

    Escola de Juiz de Fora realiza resgate do patrimônio por meio de maquetes

    Eduardo Maia
    Repórter
    Escola Camilo Guedes

    Valadares, um recanto histórico é o nome do projeto que levou os professores da Escola Municipal Camilo Guedes a criarem uma forma de ensinar aos alunos a observarem as características das construções do local. Por meio da retratação das casas em fotos e maquetes, as crianças puderam descobrir a importância de conhecer e valorizar o patrimônio do local onde vivem. O objetivo é resgatar e preservar a história da arquitetura do bairro de Valadares, em Juiz de Fora. 

    "Primeiro, eles acharam as maquetes magníficas,  observaram como elas se parecem com a realidade, mas queriam identificar as construções reais. Nós os levamos até os locais, fizemos as fotografias, eles compararam, e ficaram muito animados. Quiseram fazer correções de detalhes, como as vegetações que não tinham na maquete", conta o diretor da escola, José Carlos de Lima.

    A ação foi desenvolvida no turno da manhã e envolveu 139 crianças de faixa etária entre 4 e 10 anos de idade. Todo o material empregado nas maquetes casas foram reaproveitados. "Usamos isopor, embalagens de geladeira, papelão, plástico, para representar a igreja, a escola e as casas mais antigas", explica Lima.

    Os quinze trabalhos estão sendo expostos na escola municipal nesta quinta, 10 de outubro, e sexta, 11, junto às informações sobre as construções. Entre as principais réplicas, estão a da igreja e a antiga estação ferroviária que, segundo dados da pesquisa escolar, é a edificação mais antiga, datada de 1909. De acordo com o diretor, também está prevista uma exposição na sede da Secretaria de Educação da Prefeitura de Juiz de Fora, ainda sem data definida.

    Entender a realidade

    A próxima etapa a partir de agora será pesquisar e estudar as condições de vida no bairro, trabalho este que contará com a dedicação dos alunos. "As crianças vão realizar o 'censo' no bairro. Saber o numero de famílias, pesquisar os dados das pessoas, números de moradores da casas, número de filhos, se tem acesso à informática ou não, assim como é feito no Brasil. Esperamos que até o final do ano a gente conclua", acredita.

    O nome da região de Valadares foi dado em homenagem a Benedito Valadares Ribeiro, governador de Minas Gerais entre os anos de 1935 e 1945. A região tem cerca de 1.500 habitantes, e é um lugar de grande riqueza arquitetônica, com suas casas do século XIX.

    A Escola Municipal Camilo Guedes foi inaugurada no dia 18 de dezembro de 1966. Atualmente, funciona nos três turnos e oferece desde a educação infantil até os anos finais do ensino fundamental, além da educação de jovens e adultos. Hoje, a instituição tem 325 alunos matriculados.

    Igreja do Bairro Valadares Escola Camilo Guedes Casa Onde Moravam Os Funcionários Antiga Estação (Prédio Mais Antigo)

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Publicitário

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.