• Assinantes
  • Autenticação
  • Educação
    Segunda-feira, 14 de outubro de 2019, atualizada às 12h30

    Cadastramento para creches começa na próxima semana em Juiz de Fora

    Da redação

    Começa na próxima segunda-feira, 21 de outubro, o cadastramento para as creches parceiras da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF). As vagas são para crianças de zero a 3 anos e 11 meses de idade. O procedimento não é garantia de vaga.

    O edital foi publicado pela Secretaria de Educação (SE), no sábado, 12, no Atos do Governo, incluindo as 46 creches públicas e conveniadas. O prazo para as inscrições vai até 1°de novembro, e o cadastro deverá ser feito este ano no Centro de Formação do Professor/ Secretaria de Educação e nas unidades regionais do Espaço Cidadão JF (Sul, Norte, Oeste e Nordeste), de acordo com o horário de funcionamento. Caso a criança já tenha sido inscrita, mas não tenha sido contemplada com a vaga até 11 de outubro de 2019, os responsáveis deverão retornar ao local de inscrição e realizar um novo cadastro para 2020.

    Serão exigidos os seguintes documentos (original e cópia): comprovante de residência (luz ou telefone), documento de identidade do responsável pela criança e de todos os adultos da casa, certidão de nascimento de todas as crianças e adolescentes residentes na casa (de zero a 17 anos), comprovante de renda de todos os maiores de 18 anos da casa, laudo médico para as crianças com deficiência ou neoplasia e, também, caso a família tenha algum dependente por doença, deve-se incluir no laudo o nome do cuidador. É obrigatória a apresentação de carteira de trabalho, inclusive para trabalhador autônomo.

    Também deverão ser apresentados os documentos originais da guarda formal da criança, caso não seja o pai ou a mãe a fazer o cadastro, o comprovante de matrícula na creche, caso a criança já tenha irmão frequentando a mesma unidade, o Número de Inscrição Social (NIS) da criança, declaração escolar da mãe adolescente matriculada em escola pública (se for o caso); declaração, encaminhamento ou outro documento comprobatório caso a família esteja passando por alguma situação de vulnerabilidade social e esteja acompanhada pela Vara da Infância, Conselho Tutelar, Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), Centro de Referência de Assistência Social (Cras), Casa de Acolhimento, Casa da Mulher, entre outros órgãos.

    As crianças que já estão matriculadas nas creches terão a vaga garantida automaticamente para o próximo ano. Para isso, os responsáveis legais pela criança deverão comparecer à creche e renovar a matrícula.

    As creches oferecem atendimento em tempo integral de, no mínimo, sete horas diárias. Atualmente, a rede municipal atende mais de 4.650 crianças, nas 46 creches parceiras.

    Endereços

    • Centro de Formação do Professor- Secretaria de Educação: Avenida Getúlio Vargas,200- centro
    • Regional Sul: Rua Porto das Flores, 270 – Bairro Santa Luzia
    • Regional Oeste: Rua Orestes Fabiano Alves, 65 – Bairro São Pedro
    • Regional Norte: Rua Inês Garcia, 357 – Bairro Benfica
    • Regional Nordeste: Rua Santa Terezinha, 172 – Bairro Santa Terezinha

      A classificação segue critérios de vulnerabilidade social. Dúvidas podem ser esclarecidas na SE, pelos telefones 3690-7721.
    A Melhor Internet Está Aqui

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.