Quarta-feira, 11 de março de 2020, atualizada às 16h17

Professores da rede municipal entram em greve por tempo indeterminado

Da redação

Os professores da rede municipal em Juiz de Fora entraram em greve, por tempo indeterminado, nesta quarta-feira, 11 de março. A categoria chegou a deflagrar paralisação no dia 19 de fevereiro, mas decidiram retomar às atividades. Em assembleia, no dia 6 de março, os professores decidiram novamente votar pelo retorno da greve.

O Sindicato dos Professores de Juiz de Fora (Sinpro-JF) comanda assembleia na tarde desta quarta, 11, para definir as pautas da greve com o magistério municipal, na Sociedade de Medicina. 

Os educadores mobilizam, desde junho do ano passado, pela imediata realização de concurso público e a manutenção dos direitos conquistados do Quadro de Carreira. A categoria também defendem o Quadro de Carreira vigente. As mudanças apresentadas pela Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) implicam ampliação de jornada e intensificação do trabalho, prejuízos ao tempo reservado às atividades extraclasse e perdas econômicas.

Segundo o Sindicato, o Executivo afirma que enviará, em breve, a proposta de mudança na carreira para a Câmara. Os parlamentares retomam as atividades, após recesso, em 16 de março.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.