Quinta-feira, 12 de julho de 2007, atualizada às 13h00

Inscrições abertas para o Prêmio Jovem Cientista


Guilherme Arêas
*Colaboração

Os estudantes e profissionais que querem uma oportunidade de se destacar na área acadêmica já podem se inscrever para a 23º edição do Prêmio Jovem Cientista. O tema abordado este ano é "Educação para Reduzir as Desigualdades Sociais". Com essa abordagem, os organizadores pretendem reunir iniciativas que complementem o processo educacional formal e, assim, promovam uma sociedade mais igualitária socialmente.

Podem se inscrever, até dia 30 de novembro, profissionais já formados e estudantes do Ensino Superior e Médio. Os professores que orientarem o graduado e estudante do Ensino Superior ganhadores também receberão prêmios. Na categoria Mérito Institucional, serão premiadas uma instituição de Ensino Superior e outra de Ensino Médio.

As premiações variam de R$ 10 mil a R$ 20 mil, na categoria Graduado e de R$ 7 mil a R$ 10 mil, na Estudante do Ensino Superior. Os alunos vencedores do Ensino Médio ganham um microcomputador, mesmo prêmio dado na categoria Orientador. Os profissionais e estudantes podem ganhar, ainda, bolsa de estudo.

Já as instituições de Ensino Médio e Superior que ganharem o Mérito Institucional, levam R$ 30 mil cada. O Prêmio Jovem Cientista também concede uma menção honrosa a um pesquisador com título de doutor, considerando sua qualificação, experiência, capacidade de formação de pesquisadores e produção científica na área do conhecimento relacionado com o tema “Educação para Reduzir as Desigualdades Sociais".

Temas em cada categoria
Graduado e Estudante do Ensino Superior:
  • mecanismos de inclusão social: tecnologia digital; educação empreendedora; acessibilidade e mobilidade social;
  • popularização da ciência, tecnologia e inovação;
  • o papel da educação na superação da violência;
  • a educação como instrumento do antidesperdício de energia; energia como fator de segurança; conservação da energia elétrica (produção e consumo) fomentando a criação de empregos.
Estudante do Ensino Médio:
  • Educação e desigualdades sociais;
  • Mecanismos de inclusão;
  • Popularização da ciência, tecnologia e inovação;
  • Educação e superação da violência;
  • Educação, ambiente e saúde.

As inscrições para a 23ª edição do Prêmio Jovem Cientista podem ser feitas pela internet ou pelo correio. O Prêmio Jovem Cientista é uma parceria entre o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), o Grupo Gerdau, a Fundação Roberto Marinho e a Eletrobrás.

*Guilherme Arêas é estudante de Jornalismo na UFJF

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.