Quarta-feira, 19 de dezembro de 2007, atualizada às 10h22

Inscrições para o Prêmio Governo de Minas de Literatura estão abertas até dia 29 de fevereiro


Renata Solano
*Colaboração

Com premiação para obras literárias nas categorias de poesia, ficção e jovem escritor mineiro, o Governo de Minas Gerais junto com a Secretaria de Estado de Cultura, vai oferecer a oportunidade aos mineiros de participar de um concurso que, tem o objetivo, também, de reconhecer grandes nomes da literatura brasileira.

Os interessados devem fazer sua inscrição entre 11 de dezembro de 2007 e 29 de fevereiro de 2008, na Secretaria de Estado de Cultura de Minas Gerais, localizada à Praça da Liberdade, número 317 - Belo Horizonte (MG), Cep: 30140-010, de 10h às 17h ou pelos Correios, através da entrega da obra. É importante que a obra esteja de acordo com as normas estipuladas no edital.

O Prêmio Governo de Minas Gerais de Literatura é, segundo a assessoria do governo, o maior do país. O prêmio totaliza um valor de R$ 212 mil distribuídos da seguinte forma:

  • I - Conjunto da Obra, em que um escritor brasileiro vai receber R$ 120 mil
  • II – Poesia com o prêmio no valor de R$ 25 mil
  • III – Ficção com prêmio de R$ 25 mil
  • IV - Jovem Escritor Mineiro, que vai receber R$ 7 mil durante seis meses, totalizando R$ 42 mil

Nas categorias Poesia, Ficção e Jovem Escritor Mineiro, cada proponente somente pode inscrever uma obra autoral que deve ser inédita e não publicada.

Quem pode participar

Na categoria de homenagem a um autor vivo do país que tenha contribuído para a literatura brasileira, uma comissão, especialmente designada para este fim, deve fazer a indicação do autor cuja obra seja, em seu conjunto, de inegável qualidade, reputação e importância.

Para as categorias poesia e ficção podem participar escritores iniciantes ou profissionais, sem limite de idade, desde que nascidos e residentes no Brasil.

Na categoria Jovem Escritor Mineiro, somente podem participar escritores nascidos em Minas Gerais ou residentes neste estado há, no mínimo cinco anos ininterruptos, e que tenham entre vinte e trinta e cinco anos completos na data de encerramento do prazo de entrega das obras.

Renata Solano é estudante de Comunicação Social na UFJF.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.