• Assinantes
  • Autenticação
  • Educação

    Quarta-feira, 2 de abril de 2008, atualizada às 11h50

    Abertas inscrições para Olimpíada Brasileira de Matemática



    Marinella Souza
    Colaboração*

    Escolas, professores e alunos já podem se inscrever para a 4ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP). A iniciativa do Ministério da Ciência e Tecnologia e do Ministério da Educação tem o objetivo de estimular e promover o estudo da matemática entre os alunos das escolas públicas, além de incentivar os competidores a ingressarem na área de ciência e tecnologia.

    Em 2007, mais de trinta alunos de escolas municipais, estaduais e federais de Juiz de Fora foram premiados. As medalhas foram distribuídas da seguinte forma: cinco de ouro, sete de prata e cerca de 23 de bronze.

    A idéia é motivar o estudo em grupo e o desafio das questões matemáticas. As inscrições vão até o dia 16 de maio e só podem ser feitas através do site. A escola é responsável pela inscrição de seus alunos. As provas da primeira fase vão acontecer no dia 26 de agosto e as escolas têm até o dia 08 de setembro para enviarem os cartões-resposta dos classificados para a segunda etapa da disputa.

    Segundo o calendário oficial, o resultado da primeira fase e os locais de prova saem no dia 15 de outubro. Em 08 de novembro acontecem as provas da 2ª fase da OBMEP. O resultado final será divulgado em fevereiro de 2009. Os alunos são divididos em três níveis de acordo com seu grau de escolaridade. No nível 1 deverão ser inscritos alunos de 5ª ou 6ª série do ensino fundamental; no nível 2 estarão os alunos de 7ª ou 8ª série e no nível 3 os alunos do ensino médio.

    Premiação

    A premiação será baseada, exclusivamente, nas provas da primeira fase. As notas da primeira não são utilizadas na classificação final. Três mil alunos serão premiados. Trezentas medalhas de ouro serão concedidas aos alunos que obtiverem as 100 primeiras pontuações nacionais nos três níveis. Outras 900 medalhas de prata serão entregues às 300 melhores pontuações nacionais, contando a partir do 101º colocado. E as 1,8 mil medalhas de bronze serão destinadas aos alunos que obtiverem melhores pontuações em seus estados e aqueles que obtiverem as melhores notas nacionais, a partir do 401º lugar, com algumas exceções.

    Além disso, serão entregues certificados de menção honrosa a até 30 mil alunos que obtiverem as maiores pontuações nacionais, nos três níveis e não forem contemplados com medalhas. Cento e vinte e sete professores com curso de Aperfeiçoamento do Instituto Matemática Pura e Aplicada serão premiados. Essa premiação está vinculada à premiação dos alunos e obedece à critérios específicos.

    *Marinella Souza é estudante de Comunicação na UFJF

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.