• Assinantes
  • Autenticação
  • Educação
    Sábado, 20 de outubro de 2018, atualizada às 10h30

    UFJF oferece mais de 900 vagas ociosas nos dois campi

    Da redação

    A Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) oferece 681 vagas ociosas para graduação no campi de Juiz de Fora e 268 para o de Governador Valadares. O edital nº1/2018 foi publicado nesta sexta-feira, 19 de outubro, pela coordenadoria de Assuntos e Registros Acadêmicos (Cdara). As inscrições vão de 5 a 7 de novembro e devem ser feitas seguindo as orientações do edital.

    As modalidades de ingresso contemplam os excedentes dos processos seletivos públicos da UFJF (Pism e Sisu 2019, devidamente inscritos na lista de espera), os alunos que tentam a reinscrição ao curso de origem e a mudança de curso. Além destes, estudantes em transferência de Instituição de Ensino Superior (IES) e os candidatos à ingresso para obtenção de outra graduação.

    No campus de Juiz de Fora há vagas disponíveis nos cursos de Ciências Contábeis (noturno), Ciências Econômicas (diurno e noturno), Direito (noturno); Pedagogia – Licenciatura (noturno), Rádio, TV e Internet, Serviço Social (diurno), Serviço Social (noturno); Enfermagem, Medicina, Farmácia, Nutrição, Odontologia; Ciência da Computação (noturno), Engenharia Computacional, Engenharia Elétrica habilitação em Telecomunicações, Estatística, Física (diurno), Física – Licenciatura (noturno), Matemática Bacharelado/Licenciatura (diurno), Matemática – Licenciatura (noturno), Química (diurno), Química – Licenciatura (noturno), Ciência da Religião Bacharelado/Licenciatura (noturno); Filosofia; Geografia (diurno e noturno); Letras (noturno); Música (Bacharelado); Psicologia; Turismo (diurno).

    No campus avançado de Governador Valadares, as vagas são para os cursos de Administração, Ciências Contábeis, Ciências Econômicas, Direito, Educação Física (Bacharelado), Farmácia, Fisioterapia e Nutrição.

    Em maio de 2018, o Conselho Setorial de Graduação aprovou a alteração da forma de preenchimento de vagas ociosas na instituição, criando as modalidades de ingresso. O pró-reitor adjunto de Graduação, Cassiano Caon Amorim, aponta as principais mudanças na seleção em relação a editais anteriores. “O edital de vagas ociosas tem sido muito aguardado pela sociedade porque constitui mais uma oportunidade de ingresso em uma universidade pública e de qualidade. A principal mudança desse ano é que o critério de classificação para os cursos que tiverem mais candidatos inscritos do que vagas ofertadas será a nota do Enem. A partir do edital de 2018, a UFJF passa a usar as notas do exame para selecionar os candidatos aos cursos com vagas ociosas.”

    Outra novidade é que, neste edital, as vagas são ofertadas por modalidade, diferente do que acontecia no passado, quando os candidatos entravam em uma fila de prioridades, concorrendo às mesmas vagas. “Desta vez, há vagas em diferentes possibilidades de entrada e os interessados poderão se candidatar, conforme as modalidades nas quais se encaixam.” Segundo Amorim, a ideia de ofertar vagas para as diferentes modalidades é exatamente ampliar a possibilidade de ingresso em diferentes momentos dos cursos. “A intenção é ocupar um número maior de vagas e permitir o ingresso e a conclusão mais rápida de alguns cursos”, explica.

    Inscrições

    Os excedentes dos processos seletivos originários (Pism e Sisu) devem apenas acompanhar as publicações dos editais de reclassificação e as orientações da página do Cdara. Entretanto, os concorrentes às modalidades de reingresso, mudança de curso, transferência de IES e ingresso de graduado devem realizar a inscrição presencial na Central de Atendimento na instituição de funcionamento da graduação ao qual tem interesse, no período de 5 a 7 de novembro. A Central de Atendimento do campus Juiz de Fora, atende das 8h às 19h30, em Governador Valadares das 8h às 16h30.

    Os candidatos a esses processos, devem preencher e assinar o formulário no ato da inscrição na Central e anexar os documentos obrigatórios para cada modalidade de ingresso, a serem consultados no edital.

    Há ainda a possibilidade de pedido de isenção da taxa de pagamento, mediante solicitação feita no momento da inscrição presencial no processo. Para fazer o pedido, os candidatos devem se enquadrar em alguma das duas opções: solicitação via Cad-Único ou aqueles que possuem renda familiar bruta, igual ou inferior, a 1,5 salário mínimo per capita, que tenham cursado o ensino médio em escola pública ou com bolsa integral em escola da rede privada. Os interessados não aptos à isenção, precisam levar o comprovante de pagamento da taxa de inscrição, no valor de R$ 220.

    Os quadros com as distribuições de vagas por cursos e modalidades de ingresso podem ser acessados no edital.

    Com informações de

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.