• Assinantes
  • Autenticação
  • Educação

    Massoterapeuta Mais que um massagista, o massoterapeuta
    trabalha também na recuperação médica do cliente

    Thiago Werneck
    Colaboração*
    21/07/2007

    Uma boa massagem não serve apenas para relaxamento e estética. O massoterapeuta é o profissional especializado na área e utiliza suas técnicas para proporcionar reabilitação muscular e óssea aos pacientes.

    Mas para isso é preciso ter conhecimentos que vão além de técnicas de massagem. O profissional deve conhecer a anatomia do corpo humano para poder utilizar as manobras de massagem em regiões corretas e no caso adequado.

    Um especialista na área em Juiz de Fora, Hamlet Pernisa Melito (foto ao lado), destaca que o profissional do setor tem que saber tudo sobre anatomia muscular e esquelética. "Faço seis tipos de manobras na massagem. Se a pessoa está com cãibra usamos uma, para fratura outra, relaxamento também é diferente, assim como para descongestionamento do fluxo de sangue. Temos capacitação para avaliar qual tipo de manobra usar.", explica.

    A sala de massagem é equipada com aparelho de som para que paciente aproveite uma música relaxante durante a terapia. Cremes dos mais diversos também são utilizados, mas para Hamlet, a massoterapia não pode ser confundida com massagem de estética. "Ela exige mais do profissional. Tem que haver o conhecimento anatômico como base. Para ser massoterapeuta tem que ter cursado fisioterapia. Antigamente profissionais da educação física, como eu, podiam se especializar em massoterapia, hoje, só o fisioterapeuta tem conhecimento para isso", diz.

    Na verdade, esteticistas utilizam a técnica de massoterapia no sentido de relaxamento e beleza. A profissional da área, Giselle Teixeira Mauler do Rio afirma que a diferença entre as profissões são as finalidades da massagem. "No caso da estética usamos técnicas para relaxamento, já na fisioterapia é mais o tratamento de patologias que fica em evidência", explica. Já o massoterapeuta une as duas especialidades e passa por um curso técnico da área.

    O exercício da profissão

    Para o delegado do Conselho Regional de Fisioterapia, Ricardo Mascarenhas , não é preciso ter formação em curso técnico para exercer a massoterapia. "Todo fisioterapeuta tem habilitação para ser massoterapeuta, mas o contrário não acontece. A área da massoterapia está mais voltada para a estética, são poucos os fisioterapeutas que se dedicam à ela, mas todos estão aptos para isso", afirma.

    Luiz Otavio, farmacêutico Para fisioterapeuta, Luciano Pereira Mendes (foto ao lado), o conteúdo na faculdade é pouco. "Temos apenas uma matéria que envolve a massoterapia. É pouco conteúdo que vemos e quem não se dedica a essa parte do curso acaba formando sem conhecer a massoterapia. Nos cursos de estéticas eles aprendem muito mais sobre essa área da nossa profissão, do que nós na Faculdade de Fisioterapia", avalia.

    Luciano opina, mas prefere não dar seu parecer sobre essa formação que o massoterapeuta precisa ter. "Esse é um assunto muito polêmico. Não dá para formar uma opinião sem avaliar bem o assunto. É preciso analisar melhor o assunto. O fisioterapeuta realmente tem legitimidade para aplicar a massoterapia, mas definir quem pode se intitular profissional da área já é mais complicado", observa.

    O profissional formado em fisioterapia e o formado em estética podem exercer técnicas da massoterapia, mas de acordo com a esteticista Giselle, é preciso mais que isso para ser um massoterapeuta. "Tem que ter curso de especialização ou profissionalizante como em qualquer outra profissão. Funciona como em qualquer outra profissão onde é preciso ter uma formação especializada", completa.

    Mara, enfermeira Para Hamlet, um massoterapeuta tem que ser formado primeiro em fisioterapia ou fazer um curso técnico. "Tem só uma matéria na faculdade sobre o assunto. Isso é muito pouco, tem que haver uma especialização e não é qualquer massagem que pode ser considerada massoterapia, tem que conhecer a anatomia do corpo. Caso não seja fisioterapeuta a pessoa vai encontrar uma série de dificuldades para aplicar as técnicas, por causa do pouco conhecimento da anatomia", alega.

    Luciano concorda com o massoterapeuta e acredita que há diferenças quando o profissional tem a formação em fisioterapia. "Nesse caso, temos mais um diferencial que é conhecer a anatomia do corpo e saber a hora certa de utilizar as técnicas da massagem, ", avalia.

    Mais sobre a profissão

    Apesar de não ser massoterapeuta, Luciano utiliza técnicas da área para ter melhores resultados no trabalho. "Através da massagem a gente pode fazer o uso de técnicas para estimular a circulação sanguínea, relaxar os músculos e é muito benéfica, principalmente em quadros de dores crônicas. Eu utilizo muito a técnica em meu trabalho para reabilitar pacientes", explica.

    Hamlet observa que são poucos os profissionais da fisioterapia que utilizam a técnica. "Trato de diversos casos aqui e minha filha é fisioterapeuta. Quando ela percebe que o paciente precisa de uma massagem mais completa ela o deixa aos meus cuidados. Os trabalhos na piscina, banheira de hidromassagem e turbilhão (fotos abaixo) completam esse trabalho, com a hidroterapia", conta.

    foto da banda no palco Julian frequentador do samba Músicos da Roda de Samba

    O mesmo caso acontece com a Estética. "O esteticista estuda vários tipos de massagem e tem a massoterapia focada no relaxamento como recurso de trabalho. Mas não é massoterapeuta, apenas utiliza técnicas da área", destaca.

    Como ser um massoterapeuta

    Para se habilitar em massoterapia é preciso fazer um curso técnico que ainda não é oferecido em Juiz de Fora. Apenas nos grandes centros, como Rio de Janeiro e São Paulo, há formação na área em cursos de especialização e profissionalizantes. Para quem não tem curso superior os estudos duram em média um ano e meio.

    *Thiago Werneck é estudante de Comunicação Social da Universidade Federal de Juiz de Fora

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Publicitário

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.