SANTOS, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Apesar do gol de pênalti logo no começo do jogo, o seu oitavo em Copas do Mundo, Lionel Messi fez uma apresentação aquém do esperado na derrota da Argentina para a Arábia Saudita, por 2 a 1, nesta terça-feira (22), na estreia dos times no grupo C da Copa do Mundo do Qatar.

Messi até começou bem a partida, mas caiu de produção e não conseguiu ajudar a Argentina a evitar a 'maior zebra da história das Copas'.

O jornal inglês The Sun classificou a atuação de Messi como um 'fracasso'. "Messi fracassa em enorme choque na Copa do Mundo, com a favorita sofrendo a sua primeira derrota em três anos".

Como citou o jornal, a derrota para a Arábia Saudita acabou com uma invencibilidade de 36 jogos da seleção argentina. A última derrota havia acontecido na semifinal da Copa América de 2019, contra o Brasil, no dia 2 de julho.

Se não perdesse, a Argentina igualaria o recorde da seleção italiana, de 37 jogos, entre 2018 e 2021.

A seleção de Lionel Messi tenta se recuperar no próximo sábado (26), quando volta ao estádio Lusail Iconic para enfrentar os mexicanos, às 16h (de Brasília).