SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - A vitória de virada da Arábia Saudita por 2 a 1, na manhã desta terça-feira (22), foi um baque para a seleção de Messi e companhia. Após a partida, Hervé Renard, técnico da equipe árabe, confortou uma repórter argentina e afirmou que o país bicampeão do mundo deve passar para as oitavas de final apesar do revés na estreia (assista abaixo).

"Nós estamos muito tristes", iniciou Angela Lerena, profissioal da 'TV Pública' e da 'TNT Sports Argentina'. Ela foi logo consolada por Renard, que afirmou: "Vocês vão passar de fase, não se preocupe".

O comandante francês de 54 anos, no cargo desde 2019, ainda foi além. "Vocês podem ser até campeões do mundo. Isso é futebol", acrescentou.

Na sequência, Lerena questionou o técnico sobre qual foi "a chave" para a vitória. Renard apenas apontou para o céu antes de se despedir.

Os gols da partida foram marcados por Al Shehri e Al-Dawsari. Enquanto o país da América do Sul lamentou o resultado, a nação árabe decretou feriado nacional para esta quarta-feira (23).

A derrota fez com que a Arábia Saudita abrisse três pontos de distância para a Argentina no Grupo C, que também conta com México e Polônia. As outras duas seleções, no entanto, apenas empataram sem gols e somaram um ponto na tabela, resultado favorável para os argentinos.

Craque e capitão da seleção, Messi admitiu a dor pelo revés, mas não se abalou. "Foi um golpe muito duro para nós, ninguém esperava um começo desta maneira. Confiamos que vamos dar a volta por cima. Os próximos jogos só dependem de nós. Estamos obrigados a vencer, mas já jogamos partidas com estas características", declarou.

Os jogos da segunda rodada da chave C serão disputados no sábado (26). A Argentina vai enfrentar o México, enquanto Arábia Saudita e Polônia medem forças. A última vez que a seleção sul-americana não passou da fase de grupos na Copa aconteceu em 2002, quando enfrentou Suécia, Inglaterra e Nigéria na primeira fase.