SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Lucas Hernández, lateral da França, está fora da Copa do Mundo do Qatar por causa de uma ruptura no ligamento cruzado anterior do joelho direito. A informação foi confirmada pela Federação Francesa de Futebol na noite desta terça-feira (22).

O jogador do Bayern de Munique sofreu a lesão no primeiro tempo da goleada por 4 a 1 sobre a Austrália, nesta terça-feira, no estádio Al Janoub, pela estreia dos Bleus no Mundial. Com oito minutos de jogo, no lance do gol marcado pelo rival, Hernández levou a pior e teve de deixar o gramado mancando. Ele foi substituído pelo irmão, Theo Hernández.

Nas entrevistas após o jogo, o técnico Didier Deschamps e jogadores do elenco da França já davam indícios de que o problema do lateral seria grave. É o que foi confirmado após exames realizados nas últimas horas.

"Vítima de uma ruptura do ligamento cruzado anterior do joelho direito, Lucas Hernández teve que se retirar da Copa do Mundo. Todo o grupo deseja a melhor recuperação", escreveu a FFF no Twitter.

Vale lembrar que a França não pode mais fazer alterações na lista de convocados e terminarão a Copa com 24 atletas, já que o corte de Benzema não teve reposição. Com a perda de Lucas Hernández, Theo Hernandez deve ser o novo titular da lateral esquerda. Os Bleus têm convivido com lesões, e Deschamps e já teve de cortar Benzema, Nkuku e Kimpembe, além de não ter nomes como Pogba, Kanté e Maignan à disposição.

"Como todo o grupo, jogadores e estafe, sinto muito pelo Lucas. Estamos perdendo uma peça importante. O Lucas é um guerreiro e não tenho dúvida que fará o possível para voltar. Em nome do grupo, desejo a ele a melhor recuperação possível ", disse Deschamps .

Com a vitória sobre a Austrália, os franceses terminam a primeira rodada na liderança do Grupo D, com três pontos, enquanto a Austrália começa na lanterna, com zero. Dinamarca e Tunísia, que mais cedo empataram sem gols, dividem a segunda e terceira colocações, com um ponto cada.

A próxima rodada do Grupo D será disputada no sábado (26). A Austrália enfrenta a Tunísia, às 7h (de Brasília), enquanto a França joga contra a Dinamarca, às 13h (também de Brasília).