SÃO PAULO, SP (UOL - FOLHAPRESS) - Pensando em ajustar o planejamento para 2023, o Vasco foi até Gênova, na Itália, para o primeiro encontro entre os diretores esportivos da 777 Partners. O representante do clube foi Paulo Bracks, diretor executivo, que vai participar de reuniões ao longo desta semana.

Além de Bracks, também estiveram presentes Johannes Spors (Diretor Esportivo da 777), Marco Ottolini (Diretor Esportivo do Genoa CFC), Reda Hammache (Diretor Esportivo do Red Star FC), Fergal Harkin (Diretor Esportivo do Standard Liège) e John Didulica (Diretor Esportivo do Melbourne Victory).

Os dirigentes já se reúnem de forma remota semanalmente, mas esperam avançar nos planos para a próxima temporada com o encontro presencial. O grande objetivo é continuar a colaboração e o compartilhamento de ideias sobre desenvolvimento de jogadores, desempenho, planejamento de elenco e dados de análise.

"A relação próxima entre os clubes é tida como fundamental pela 777. Nossas reuniões técnicas e desportivas são constantes mas, desta vez, estamos tendo a oportunidade de alinhar presencialmente as diretrizes coletivas para a temporada e também dividir os projetos individuais de cada clube", disse Bracks ao site oficial do Vasco.

Paulo Bracks foi contratado no meio deste ano pela 777 para ser o homem forte do futebol do Vasco. A principal missão é reestruturar o clube cruzmaltino como uma espécie de consultor do grupo americano no Brasil.