SÃO PAULO, SP (UOL - FOLHAPRESS) - Luis Suárez não conseguiu balançar as redes no empate entre Uruguai e Coreia do Sul, nesta quinta-feira (24), pela Copa do Mundo, mas se engana quem pensa que isso é um impeditivo para que o atacante seja cobiçado por vários clubes. Inclusive, durante a transmissão da Globo, o narrador Cléber Machado falou sobre a possível negociação do ídolo celeste com o Grêmio.

Quer dizer que o atacante ex-Barcelona e Liverpool pode pintar no Brasileirão, para jogar pelo Grêmio?

De acordo com o jornalista César Luis Merlo, houve, de fato, uma proposta do clube gaúcho -com salário oferecido superior ao que recebia no Nacional-URU. Os tricolores teriam oferecido dois anos de contrato por 3,3 milhões de dólares por ano (cerca de R$ 16 milhões na cotação atual).

Vale lembrar que ele está livre no mercado atualmente, após ter seu vínculo encerrado com o clube uruguaio.

Em entrevista ao "Os Donos da Bola", do Rio Grande do Sul, o novo presidente do Grêmio, Alberto Guerra, revelou que Suárez não aceitou a proposta inicial. O dirigente pretende enviar uma segunda oferta, mas somente após o Mundial do Qatar. O clube brasileiro terá que lidar com a forte concorrência de alguns clubes da MLS (Estados Unidos), também interessados no atleta de 35 anos.

Quando retornou para o futebol sul-americano, no segundo semestre de 2022, Suárez anotou oito gols em 14 partidas, e foi campeão uruguaio com o Nacional.