SÃO PAULO, SP (UOL - FOLHAPRESS) - O ator Carmo Dalla Vecchia, de 51 anos, publicou em suas redes sociais, nesta quinta-feira (24), uma crítica ferrenha à opção da Federação Internacional de Futebol (Fifa) em sediar a atual Copa do Mundo no Catar, país abertamente hostil aos direitos LGBTQIAPN+.

"Você iria a uma festa onde não é bem-vindo, onde pessoas como você não são bem-vindas? E se o anfitrião dessa mesma festa te tolerasse, te suportasse, desde que você se condicionasse ao que eles chamam de cultura?", começou Carmo, em um vídeo divulgado em seu Instagram.

"E se você soubesse que, antes de chegar e após sair desta mesma festa, irão hostilizar pessoas por amarem do mesmo jeito que você ama? É isso que está acontecendo agora na Copa do Mundo no Catar, a primeira no Oriente Médio", detonou o ator de "Cara e Coragem" (TV Globo).

"Consideram que homossexuais, como eu, têm danos mentais. Ou seja, ser gay, lésbica, trans, no Catar, dá cadeia e é altamente reprimido. Por que a Fifa permitiu um evento desse tamanho em um país onde não nos aceitam?", prosseguiu ele, que é casado com o autor de novelas João Emanuel Carneiro.