DOHA, QATAR (UOL-FOLHAPRESS) - Neymar e Danilo passaram por exames na tarde desta sexta-feira (25) em Doha, no Qatar. Os dois jogadores da seleção brasileira deixaram o hotel para a realização de imagens e já começaram o tratamento com a fisioterapia.

A CBF não divulgou os resultados dos exames, mas a situação do meia-atacante é mais preocupante do que a do lateral. Ontem mesmo, o médico da seleção disse que o lateral já apresentou melhora logo após o apito final, enquanto o atleta do PSG ainda precisaria ser observado.

Os dois jogadores não participam do treino da seleção de hoje e ficam no hotel realizando tratamento. Depois da atividade, porém, tanto Neymar quanto Danilo seguirão com o grupo e estarão no jantar, por exemplo.

Logo após a vitória por 2 a 0 sobre a Sérvia, o médico da seleção Rodrigo Lasmar afirmou que Neymar ficaria em observação por 24h ou 48h e reforçou que qualquer diagnóstico seria prematuro.

"Neymar teve entorse no tornozelo direito, trauma direto onde o joelho do jogador do time da Sérvia fez movimento ocasionando entorse. Apresentou edema, inchaço, iniciamos tratamento já no banco, ele seguiu, precisamos aguardar 24 ou 48 horas para ter ideia mais clara. Não tem exame de imagem marcado, isso será decidido amanhã, provavelmente. Expectativa é de observação, qualquer coisa que falarmos agora sobre sequencia dele é prematura, importante aguardar", afirmou Lasmar ontem.

A lesão de Neymar foi uma espécie de déjà vu para um jogador que é atormentado por tais problemas desde 2018. E é o tornozelo direito o principal foco do tormento do camisa 10 brasileiro. Desde que fraturou o quinto metatarso do pé direito, em fevereiro de 2018, o atacante viu essa parte do seu corpo se transformar em um problema recorrente, que mais de uma vez o levou ao choro e o deixou de fora de momentos cruciais da carreira.

Foi assim já em 2018. A fratura no osso, que é ligado ao tornozelo, foi acompanhada por uma entorse no próprio tornozelo. A condição não o tirou da Copa da Rússia, mas impediu que ele estivesse 100% na busca pelo hexa. Em coletiva ontem, o técnico Tite descartou perder seu principal jogador ao afirmar que "Neymar irá jogar a Copa do Mundo".

O camisa 10 da seleção brasileira sofreu a lesão enquanto o duelo ainda estava 1 a 0 para o Brasil, mas não deixou o campo imediatamente. Ele ficou mais cerca de 11 minutos em campo. Quando chegou ao banco, porém, câmeras flagraram o jogador chorando sentado entre os companheiros ? já com gelo no pé.

"Pelos últimos anos, ele vem sofrendo com esse tipo de situação sempre no momento mais importante da temporada. Acho que passa isso tudo na cabeça dele [Neymar], por isso vocês puderam observar a preocupação no semblante. Espero que não seja nada demais, que o inchaço possa diminuir nessas próximas 24 horas", disse o capitão Thiago Silva.

O Brasil volta a campo nesta segunda-feira (28), às 13h, para enfrentar a Suíça em jogo que vale a liderança do grupo G. Danilo deve estar à disposição. Neymar é dúvida.

- Acompanhe a partida de estreia da seleção brasileira na Copa do Mundo