SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Neste sábado (21)Na terceira partida do ano, o Corinthians mostrou apatia durante grande parte do jogo. Controlou a posse de bola, rondou a área da Inter de Limeira, mas não conseguiu criar grandes chances de gol na tarde deste sábado, em Limeira. Assim, com o empate em 0 a 0, o time paulista teve a empolgação pela vitória sobre o Água Santa interrompida, e não conseguiu assumir a liderança de seu grupo no Paulistão.

CÁSSIO SALVA

A Inter de Limeira começou pressionando e levou perigo ao gol do Corinthians, com três oportunidades nos 15 primeiros minutos.

O time do interior só não abriu o placar porque Cássio saiu nos pés de Iago Telles e impediu o atacante de balançar as redes.

Apesar de poupar jogadores, o treinador do Corinthians manteve a aposta na dupla de ataque formada por Yuri Alberto e Róger Guedes. No primeiro tempo, com a Inter dominando as ações, Yuri e Róger não conseguiram criar chances de gol.

A equipe da Inter foi mais efetiva na sua proposta de jogo. Pressionou a saída de bola no início, mas soube se fechar e explorar os contra-ataques. Faltou mais tranquilidade na hora de decidir as jogadas.

O Corinthians repetia a falta de intensidade que marcou a derrota para o Red Bull Bragantino, na estreia no Paulistão. Apesar de ter mais posse de bola e trocar mais passes, Timão não acertou nenhuma bola no gol adversário no primeiro tempo.

CORINTHIANS MELHORA

O time paulista voltou um pouco melhor para a etapa final. O Corinthians tentou transformar a superioridade técnica em gols. Róger Guedes voltou mais ligado e quase marcou um golaço antes dos 10 minutos do segundo tempo.

O camisa 10 buscava jogo na esquerda, com boas combinações com o lateral Matheus Bidu, mas também aparecia por dentro, acionando os companheiros e também arriscando a gol.

Para tentar garantir a vitória, o técnico Fernando Lázaro mandou Renato Augusto para campo. O ídolo completou 200 jogos com a camisa alvinegra.

Deu mais dinâmica ao Timão, mas a equipe seguiu com dificuldade para criar oportunidades de gol. Os visitantes aumentaram a velocidade, mas não foi o suficiente para abrir o placar.

INTER DE LIMEIRA

Leo; Léo Duarte, Leandro Silva, Douglas e Zé Mário; Claudinei, Uillian Correia (Djalma) e Matheus Oliveira (Bruno Menezes); Iago Telles (Vitinho), Everton Brito (Rael) e Jonathas. T.: Pintado.

CORINTHIANS

Cássio; Rafael Ramos (Fagner), Bruno Méndez, Gil e Matheus Bidu (Fábio Santos); Cantillo (Roni), Du Queiroz, Giuliano (Renato Augusto) e Romero (Adson); Yuri Alberto e Róger Guedes. T,: Fernando Lázaro.

Estádio: Major José Levy Sobrinho, em Limeira (SP)

Árbitro: Douglas Marques das Flores

Assistentes: Daniel Luis Marques e Rafael Tadeu Alves de Souza

VAR: Thiago Duarte Peixoto

Cartões amarelos: Uilliam Correia, Leandro Silva e Jonathas (INTER); Yuri Alberto (CORINTHIANS)