SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O Corinthians tomou um gol relâmpago, mas pressionou e venceu de virada o Guarani pelo Campeonato Paulista, nesta terça-feira (24). O resultado alivia a pressão antes do clássico contra o São Paulo, que acontece neste domingo (29). Bruninho marcou para a equipe de Campinas com apenas 58 segundos de partida, mas Roger Guedes igualou o placar e Fábio Santos, já no segundo tempo, decretou o 2 a 1.

A partida aconteceu na Neo Química Arena, em Itaquera.

Maycon e Cantillo sentiram lesões musculares e viraram preocupação para o duelo do fim de semana.

Renato Augusto comandou o meio-campo do Corinthians e sofreu seis faltas só no segundo tempo.

CRONOLOGIA

Os visitantes surpreenderam e abriram o placar com apenas 58 segundos de jogo. Em jogada construída pela direita, Diogo Mateus recebeu em profundidade e cruzou para a área. Nicolas Careca até tentou uma bicicleta, mas a bola acabou nos pés de Bruninho. Livre, ele deslocou Cássio já na pequena área e balançou as redes.

Mesmo com o gol, a equipe de Campinas chegou à meta corintiana outras duas vezes ?ambas em chutes de longe. Renato Augusto respondeu na mesma moeda e até forçou Kozlinski a trabalhar, mas foi Roger Guedes quem fez o goleiro praticar linda defesa já dentro da área.

O meio-campista Maycon, que havia sido poupado no último jogo do Corinthians justamente pela questão física, sentiu a coxa aos 25 minutos em uma disputa com Richard Ríos. Roni substituiu o camisa 7.

Os donos da casa passaram a pressionar o adversário na parte final da primeira etapa e Roger Guedes, um dos que mais tiveram oportunidades, acabou premiado. Já nos acréscimos, ele aproveitou cruzamento por baixo de Renato Augusto e empurrou para o gol.

A virada veio aos seis minutos do segundo tempo. Giuliano, em um de seus primeiros lances, tabelou com Fagner e cruzou para a área. Yuri Alberto chegou a desviar de cabeça e viu a bola parar em Fábio Santos, que mergulhou e testou para o fundo do gol de Kozlinski.

O Guarani, que não havia feito uma falta sequer na primeira etapa, passou a truncar a partida nos últimos 45 minutos. Foram 13 faltas cometidas ? eis delas só em Renato Augusto no período.

TABELA

O Corinthians foi aos sete pontos e assumiu a liderança provisória do Grupo C, enquanto o Guarani estacionou nos quatro pontos e ainda é vice do Grupo B.

CORINTHIANS

Cássio; Fagner, Balbuena, Gil e Fábio Santos; Du Queiroz (Giuliano), Maycon (Roni), Renato Augusto e Adson (Cantillo) (Bruno Méndez); Roger Guedes e Yuri Alberto (Romero). Técnico: Fernando Lázaro

GUARANI

Kozlinski; Diogo Mateus, Lucão, Luciano Castán e Jamerson; Alan Santos (Neílton), Leandro Vilela (Yago) e Richard Ríos; Bruno Michel (Rafael), Bruninho (Wenderson) e Nicolas Careca (Jenison). Técnico: Mozart

Estádio: Neo Química Arena, em São Paulo (SP)

Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira

Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho e Diego Morelli de Oliveira

VAR: Márcio Henrique de Gois

Cartões amarelos: Leandro Vilela (GUA)

Gols: Bruninho (GUA), aos 58 segundos do primeiro tempo, e Roger Guedes (COR), aos 46 minutos do primeiro tempo; Fábio Santos (COR), aos seis minutos do segundo tempo