• Assinantes
  • Autenticação
  • Esporte

    Juiz de Fora e o Cruzeiro

    Alice Couto Alice Couto 22/10/2018

    Nasci em Niterói e fui criada em Barra Mansa. As duas cidades do estado do Rio de Janeiro. Desde uns quatro anos, sou botafoguense convicta. Quando me mudei para Juiz de Fora, há quase dois anos, logo me animei porque veria um estado diferente, que torce para os times locais. Poderia ver de fora outras torcidas e outros times em destaque.

    De fato, assim que cheguei à cidade, percebi o carinho com o Tupi. Por mais que meu afeto pelo Barra Mansa seja bem grande, nada se compara ao amor da população de Juiz de Fora pelo time da cidade.

    Mas, apesar de o Tupi ser tão amado, percebi que quase todo mundo gosta mais dos times do Rio. Não vou mentir que morri de felicidade ao ver tanto botafoguense – me senti em casa logo de cara -, mas me bateu uma curiosidade: cadê os times de Minas? E a famosa briga entre Atlético e Cruzeiro?

    A parte mineira da minha família é completamente dividida por essa briga. Meu avô é um bom Atleticano, um pouco pessimista, mas lá de Barra Mansa fica de olho no Galo. Minha avó vinha de família cruzeirense. Ela nunca curtiu futebol, mas sempre que podia dava uma espetada no meu avô, só pra manter a tradição.

    Logo eu entendi que essa briga não chegava com força por aqui. Programas de esportes do Rio, jornais esportivos do Rio e até as vitrines das lojas esportivas são decoradas de Botafogo, Flamengo, Vasco e Fluminense. Até a Isabele, bem mineira, super vascaína.

    Mas as coisas mudam quando o Galo e a Raposa estão bem na história. O Cruzeiro, com muito mérito, foi campeão da Copa do Brasil essa semana. Aí sim eu começo a ver os carros na rua, as festas na cidade e o grito nos prédios. A galera saindo nas ruas para comemorar. É uma das coisas mais lindas do futebol. E que me fazem sentir em Minas Gerais.

    Foi uma vitória linda a do Cruzeiro. Mesmo botafoguense, eu torci. Pensei nos meus tios cruzeirenses. Especialmente meu tio avô, que me liga sempre que o Botafogo ganha para perguntar se eu estou feliz. Ou, como tem acontecido bastante ultimamente, para me dizer que o Fogão vai sair dessa.

    O Cruzeiro merece os parabéns pela vitória bonita. Pelo time entrosado e pelo empenho. Mas ganhou meu carinho, porque vendo a festa, eu me senti dentro de Minas Gerais.

    Alice Couto e Isabele Barbosa são estudantes de jornalismo pelo Ces-JF. Apaixonadas por esporte, mantém juntas o blog e Instagram @chuteirasmarias. As Chuteiras Marias têm o objetivo de falar de todos os esportes e somar mais mulheres a esse tema ainda tão restrito.

    Os autores dos artigos assumem inteira responsabilidade pelo conteúdo dos textos de sua autoria. A opinião dos autores não necessariamente expressa a linha editorial e a visão do Portal ACESSA.com

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.