• Assinantes
  • Esporte
    Sexta-feira, 15 de outubro de 2010, atualizada às 11h43

    Vice no Brasileiro de Tênis de Mesa, Ank busca subir no ranking mundial

    Clecius Campos
    Repórter

    O mesatenista juizforano Alexandre Ank busca ascensão no ranking mundial de tênis de mesa paraolímpico. O atleta foi vice-campeão no último Brasileiro de Tênis de Mesa, finalizado na quarta-feira, 13 de outubro, e agora prepara-se para a disputa do Mundial Aberto na Argentina, entre 11 e 15 de novembro.

    "O campeonato na Argentina é muito importante, pois soma pontos para o ranking mundial. Fiquei um ano parado e acabei perdendo 18 etapas internacionais. Caí de 16º em 2008 para 54º em 2009 na tabela. Um bom resultado na Argentina pode significar minha volta entre os melhores do mundo." Ank ficou afastado das competições durante todo o ano de 2009, após uma cirurgia no ombro.

    O vice-campeonato no Brasileiro é comemorado como vitória por Ank. Mesmo tendo ficado fora do cenário por um ano, o resultado foi capaz de colocar o mesatenista em segundo lugar no ranking brasileiro. "A disputa foi acirrada. Consegui chegar às finais, mas acabei perdendo para atletas de Natal e do Ceará. De qualquer forma, fui campeão das últimas quatro etapas do ranking que disputei, o que garantiu a boa posição."

    Estar entre os melhores do Brasil credencia o atleta a participar da seletiva para os Jogos Pan-americanos de Guadalajara, em 2011. Há ainda a possibilidade de Ank ser indicado para uma das quatro vagas na competição, sem precisar disputar. A decisão é do Comitê Paraolímpico Brasileiro. Antes da seletiva, Ank participa do Aberto do Brasil Paraolímpico, no Rio de Janeiro, entre os dias 23 e 26 de novembro. A disputa vale pontos para os rankings nacional e internacional.

    Os textos são revisados por Thaísa Hosken

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.