Segunda-feira, 18 de setembro de 2017, atualizada às 15h47

Lutador juiz-forano de jiu-jitsu ganha duas medalhas de ouro no SP International Open

Angeliza Lopes
Repórter

O juiz-forano Paulo de Tarso Ferreira, de 29 anos, ganhou duas medalhas de ouro em disputas de jiu-jitsu, neste sábado e domingo, 16 e 17 de setembro, no ginásio José Corrêa, em Barueri, São Paulo. As vitórias, com quimono e sem quimono, foram na categoria faixa azul, meio pesado, pelo São Paulo International Open Championship 2017, organizado pela Confederação Brasileira de Jiu-Jitsu (CBJJ/IBJJF).

Este é o segundo pódio consecutivo do lutador na modalidade que disputa. A primeira aconteceu em julho, também pelo International Open de Belo Horizonte. Ele ficou em primeiro lugar no peso e em segundo no absoluto - categoria de combate em que não há limite de peso estabelecido, em BH. Já neste final de semana, foi destaque apenas na sua categoria. Ferreira conta que depois de muito tempo sem treinar, retornou ao jiu-jitsu em novembro do ano passado, e de lá para cá, disputou quatro competições regionais e duas internacionais, ficando em primeiro colocado em todas.

Com apoio do mestre Paulo Borracha, o lutador pretende garantir uma vaga no Mundial de Jiu-Jitsu no próximo ano. “Estes eventos internacionais nos dão pontuação no ranking para o mundial. De início, não pensava em tentar tanto, mas meu mestre e amigos me mostraram que tenho potencial e posso sim chegar onde quiser, basta acreditar e treinar!”, afirma o competidor que, atualmente, divide os treinos com trabalho e Faculdade de Educação Física.

Para somar pontuação para o mundial, ele pretende participar de outros eventos em outubro, novembro e dezembro. “Mas, fica difícil custear todas as despesas sozinho, sem patrocínio, por isso não tenho certeza se vou conseguir ir em todos. Vejo que Juiz de Fora ainda possui pouco incentivo para atletas de jiu-jitsu”, completa.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.