Baeta vence Jacutinga e continua na liderança do Hexagonal Final

Matheus Brum Matheus Brum 17/10/2016

O Tupynambás Futebol Clube recebeu a equipe do Jacutinga, do Sul de Minas Gerais, e venceu por 3 a 1, com dois gols de Ademilson e um de Washington. O resultado serviu para deixar o Baeta mais uma vez na liderança do Hexagonal Final do Campeonato Mineiro da Segunda Divisão. Além disso, é a única equipe invicta nessa fase da competição.

O Leão do Poço Rico “rugiu” logo no início da partida. Em 12 minutos, Ademílson marcou duas vezes. O maior artilheiro da história do Estádio Municipal Radialista Mário Helênio, chegou aos 49 gols marcados no estádio, e ao oitavo na Segundona Mineira, assumindo a vice-artilharia da competição.

Após abrir 2 a 0, o Tupynambás diminuiu o ritmo. Por causa do forte calor que fazia em Juiz de Fora, o jogo ficou estudado dentro de campo. Nenhuma das equipes conseguia imprimir um ritmo acelerado na partida, que caminhou sem grandes chances para o intervalo.

O segundo tempo teve o mesmo roteiro que o primeiro: morno, apenar do sol forte. Quando tudo parecia encaminhar para uma vitória de 2 a 0 do Tupynambás, o árbitro Warlen Osvaldo de Carvalho, aos 41 minutos, marcou um pênalti para o Jacutinga. Na cobrança, Willian bateu, sem chances de defesa para César.

Após o gol, a equipe sul-mineira cresceu em busca do empate, porém abriu brechas para o Baeta. Num desses espaços, Washington, de cabeça, deu números finais à partida. Essa foi a terceira vitória do Baeta em quatro partidas disputadas no Hexagonal.

O Baeta volta a campo no próximo domingo (23), quando encara o Valeriodoce, em Itabira, às 10h.

Ficha Técnica

Gols: Ademílson (TUP), aos 4 e 12 min do 1º tempo; Willian (JAC), aos 41 min do 2º tempo; Washington (TUP), aos 45 min do 2ª tempo;

Tupynambás:  César; Danylinho, Thales, Washington e Lucas Hipólito; Caetano, Canário (Ives), Miguel e Juninho (Igor Balotelli); Cassiano (Gustavo Crecci) e Ademilson. Técnico: Gérson Evaristo;

Jacutinga: Ramon; Wellinton Aparecido (Mateus), Deoclécio, Adriano e Dener (Aurélio); Juliano, Tony, Alan e Paulo Henrique; Rômulo (Thulio) e Willian. Técnico: Rogério Alves

Arbitragem: Warlen Osvaldo de Carvalho, auxiliado por Ricardo Vieira Rodrigues e Fabiano Jesus da Silva

Matheus Brum nascido e criado em Juiz de Fora, jornalista em formação pela Universidade Federal de Juiz de Fora, e desde criança, apaixonado pelo Flamengo e por esportes. Já foi estagiário na Rádio CBN Juiz de Fora. Atualmente é escritor do blog "Entre Ternos e Chuteiras"; colaborador da Web Rádio Nac, apresentando uma coluna de opinião diariamente; editor e apresentador do programa Mosaico, que vai ao ar semanalmente na TVE, canal 12, e é membro da Acesso Comunicação Júnior, Empresa Júnior da Faculdade de Comunicação da UFJF, trabalhando no Departamento de Projetos e no núcleo de Jornalismo.

Os autores dos artigos assumem inteira responsabilidade pelo conteúdo dos textos de sua autoria. A opinião dos autores não necessariamente expressa a linha editorial e a visão do Portal ACESSA.com

-

Baeta vence Jacutinga e continua na liderança do Hexagonal Final

Matheus Brum Matheus Brum 17/10/2016

O Tupynambás Futebol Clube recebeu a equipe do Jacutinga, do Sul de Minas Gerais, e venceu por 3 a 1, com dois gols de Ademilson e um de Washington. O resultado serviu para deixar o Baeta mais uma vez na liderança do Hexagonal Final do Campeonato Mineiro da Segunda Divisão. Além disso, é a única equipe invicta nessa fase da competição.

O Leão do Poço Rico “rugiu” logo no início da partida. Em 12 minutos, Ademílson marcou duas vezes. O maior artilheiro da história do Estádio Municipal Radialista Mário Helênio, chegou aos 49 gols marcados no estádio, e ao oitavo na Segundona Mineira, assumindo a vice-artilharia da competição.

Após abrir 2 a 0, o Tupynambás diminuiu o ritmo. Por causa do forte calor que fazia em Juiz de Fora, o jogo ficou estudado dentro de campo. Nenhuma das equipes conseguia imprimir um ritmo acelerado na partida, que caminhou sem grandes chances para o intervalo.

O segundo tempo teve o mesmo roteiro que o primeiro: morno, apenar do sol forte. Quando tudo parecia encaminhar para uma vitória de 2 a 0 do Tupynambás, o árbitro Warlen Osvaldo de Carvalho, aos 41 minutos, marcou um pênalti para o Jacutinga. Na cobrança, Willian bateu, sem chances de defesa para César.

Após o gol, a equipe sul-mineira cresceu em busca do empate, porém abriu brechas para o Baeta. Num desses espaços, Washington, de cabeça, deu números finais à partida. Essa foi a terceira vitória do Baeta em quatro partidas disputadas no Hexagonal.

O Baeta volta a campo no próximo domingo (23), quando encara o Valeriodoce, em Itabira, às 10h.

Ficha Técnica

Gols: Ademílson (TUP), aos 4 e 12 min do 1º tempo; Willian (JAC), aos 41 min do 2º tempo; Washington (TUP), aos 45 min do 2ª tempo;

Tupynambás:  César; Danylinho, Thales, Washington e Lucas Hipólito; Caetano, Canário (Ives), Miguel e Juninho (Igor Balotelli); Cassiano (Gustavo Crecci) e Ademilson. Técnico: Gérson Evaristo;

Jacutinga: Ramon; Wellinton Aparecido (Mateus), Deoclécio, Adriano e Dener (Aurélio); Juliano, Tony, Alan e Paulo Henrique; Rômulo (Thulio) e Willian. Técnico: Rogério Alves

Arbitragem: Warlen Osvaldo de Carvalho, auxiliado por Ricardo Vieira Rodrigues e Fabiano Jesus da Silva

Matheus Brum nascido e criado em Juiz de Fora, jornalista em formação pela Universidade Federal de Juiz de Fora, e desde criança, apaixonado pelo Flamengo e por esportes. Já foi estagiário na Rádio CBN Juiz de Fora. Atualmente é escritor do blog "Entre Ternos e Chuteiras"; colaborador da Web Rádio Nac, apresentando uma coluna de opinião diariamente; editor e apresentador do programa Mosaico, que vai ao ar semanalmente na TVE, canal 12, e é membro da Acesso Comunicação Júnior, Empresa Júnior da Faculdade de Comunicação da UFJF, trabalhando no Departamento de Projetos e no núcleo de Jornalismo.

Os autores dos artigos assumem inteira responsabilidade pelo conteúdo dos textos de sua autoria. A opinião dos autores não necessariamente expressa a linha editorial e a visão do Portal ACESSA.com

Baeta vence Jacutinga e continua na liderança do Hexagonal Final

Matheus Brum Matheus Brum 17/10/2016

O Tupynambás Futebol Clube recebeu a equipe do Jacutinga, do Sul de Minas Gerais, e venceu por 3 a 1, com dois gols de Ademilson e um de Washington. O resultado serviu para deixar o Baeta mais uma vez na liderança do Hexagonal Final do Campeonato Mineiro da Segunda Divisão. Além disso, é a única equipe invicta nessa fase da competição.

O Leão do Poço Rico “rugiu” logo no início da partida. Em 12 minutos, Ademílson marcou duas vezes. O maior artilheiro da história do Estádio Municipal Radialista Mário Helênio, chegou aos 49 gols marcados no estádio, e ao oitavo na Segundona Mineira, assumindo a vice-artilharia da competição.

Após abrir 2 a 0, o Tupynambás diminuiu o ritmo. Por causa do forte calor que fazia em Juiz de Fora, o jogo ficou estudado dentro de campo. Nenhuma das equipes conseguia imprimir um ritmo acelerado na partida, que caminhou sem grandes chances para o intervalo.

O segundo tempo teve o mesmo roteiro que o primeiro: morno, apenar do sol forte. Quando tudo parecia encaminhar para uma vitória de 2 a 0 do Tupynambás, o árbitro Warlen Osvaldo de Carvalho, aos 41 minutos, marcou um pênalti para o Jacutinga. Na cobrança, Willian bateu, sem chances de defesa para César.

Após o gol, a equipe sul-mineira cresceu em busca do empate, porém abriu brechas para o Baeta. Num desses espaços, Washington, de cabeça, deu números finais à partida. Essa foi a terceira vitória do Baeta em quatro partidas disputadas no Hexagonal.

O Baeta volta a campo no próximo domingo (23), quando encara o Valeriodoce, em Itabira, às 10h.

Ficha Técnica

Gols: Ademílson (TUP), aos 4 e 12 min do 1º tempo; Willian (JAC), aos 41 min do 2º tempo; Washington (TUP), aos 45 min do 2ª tempo;

Tupynambás:  César; Danylinho, Thales, Washington e Lucas Hipólito; Caetano, Canário (Ives), Miguel e Juninho (Igor Balotelli); Cassiano (Gustavo Crecci) e Ademilson. Técnico: Gérson Evaristo;

Jacutinga: Ramon; Wellinton Aparecido (Mateus), Deoclécio, Adriano e Dener (Aurélio); Juliano, Tony, Alan e Paulo Henrique; Rômulo (Thulio) e Willian. Técnico: Rogério Alves

Arbitragem: Warlen Osvaldo de Carvalho, auxiliado por Ricardo Vieira Rodrigues e Fabiano Jesus da Silva

Matheus Brum nascido e criado em Juiz de Fora, jornalista em formação pela Universidade Federal de Juiz de Fora, e desde criança, apaixonado pelo Flamengo e por esportes. Já foi estagiário na Rádio CBN Juiz de Fora. Atualmente é escritor do blog "Entre Ternos e Chuteiras"; colaborador da Web Rádio Nac, apresentando uma coluna de opinião diariamente; editor e apresentador do programa Mosaico, que vai ao ar semanalmente na TVE, canal 12, e é membro da Acesso Comunicação Júnior, Empresa Júnior da Faculdade de Comunicação da UFJF, trabalhando no Departamento de Projetos e no núcleo de Jornalismo.

Os autores dos artigos assumem inteira responsabilidade pelo conteúdo dos textos de sua autoria. A opinião dos autores não necessariamente expressa a linha editorial e a visão do Portal ACESSA.com