• Assinantes
  • Autenticação
  • Campeonato Mineiro

    Cada um com sua expectativa Jogadores que não atuaram na estréia estão na expectativa para entrar em campo no jogo do Tupi contra o Atlético, no Municipal, domingo

    Guilherme Oliveira
    *Colaboração
    23/01/2007

    Todo jogador gosta de atuar e, ficar de fora de uma partida ou no banco de reservas, sem poder ajudar não é fácil. Toda essa expectativa pode ter o grau aumentado dependendo do momento de cada jogador. Os atacantes Felipe e Massaro e o zagueiro João Júnior são bons exemplos, cada um tem sua história para contar.

    O atacante Felipe esteve por duas vezes à beira do gramado contra o Ituiutaba, mas ficou só na expectativa. A contusão do zagueiro Samuel queimou a última chance de substituições e ele teve que ver do banco a derrota por 3 a 1.

    Contra o Atlético Mineiro, ele espera a sua vez. "Agora a expectativa ficou maior, não estreei e acabo ficando mais ansioso do que estava, ainda mais por enfrentar o Atlético Mineiro", diz, confiante em um resultado positivo no dia 28 de janeiro (domingo). "Começamos bem antes a preparação e isso é uma vantagem que a gente leva", completou.

    Zagueiro João Júnior Atacante
Felipe
    João Júnior Felipe

    Se Felipe está confiante em atuar, o mesmo não se pode dizer do jogador mais antigo do elenco. O zagueiro João Júnior sequer foi relacionado para o jogo de estréia e não sabe se vai ficar de fora novamente contra o Atlético. "O Tita não comentou nada, eu já sabia que os dois jogadores que foram contratados são de confiança dele, mas estou brigando para entrar no time, agarrar a oportunidade e não sair mais", afirma João Júnior que está no clube há 11 anos, tendo passado também por outros durante esse período.

    Pela primeira vez disputando a primeira divisão pelo Tupi o zagueiro não esconde que ficar de fora mexe bastante com ele. "A sensação é ruim, todos querem jogar mas o treinador tem a opção dele". Atacante Massaro

    Já o atacante Massaro um dos últimos reforços do clube já quer mostrar serviço. Ele que veio do Juventus de São Paulo já tem condições de jogo e caso o treinador Tita precise, ele disse que está pronto. "Contra o Ituiutaba eu já tinha condições, mas o Tita optou pelo corte. Agora eu tenho uma semana cheia para trabalhar, não depende de mim, todo jogador gosta de jogar e contra um grande clube a visibilidade é maior, ainda mais jogando em casa com a nossa torcida".

    Mas o grau de ansiedade destes jogadores depende da avaliação do treinador Tita que também tem a sua expectativa: ganhar os 3 pontos. Segundo o técnico o que vale mesmo é a vitória, independente do adversário e de quem jogue."Esse jogo é importantissímo pois vale 3 pontos. Seja contra o Cruzeiro, Guarani, Democrata, não importa, a expectativa são sempre os três pontos".

    Treinamento

    Na manhã desta terça-feira, dia 23 de janeiro, os jogadores que atuaram no domingo realizaram um treinamento técnico em Santa Terezinha e deram voltas no gramado. Os jogadores que não aturam viajaram para Três Rios para partida amistosa contra o Entrerriense.

    Mais um reforço
    O Tupi apresentou mais um jogador para o Campeonato Mineiro, trata-se do meia Júnior de 29 anos que estava jogando no Oriente Petrolero da Bolívia. O atacante Wésley ainda aguarda a definição se ficará no Tupi. Hoje ele teve a chance de mostrar serviço contra o Entrerriense.


    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.