• Assinantes
  • Autenticação
  • Campeonato Mineiro

    Pra garantir em casa Para o zagueiro Samuel vencer no Municipal é obrigação

    Guilherme Oliveira
    *Colaboração
    23/02/2007

    Desde que a vitória começou a valer três pontos, um empate, muitas vezes, tem sabor de derrota. Quando os pontos perdidos é para quem atua como mandante, a situação fica ainda pior. Na disputa por uma das quatro vagas à fase final do estadual, vencer os jogos em casa é fundamental, ou melhor, quase que uma obrigação. Contra o Villa Nova, a única equipe invicta na competição , o Tupi quer somar mais três e caminhar rumo a classificação.

    A história recente do Campeonato Estadual mostra que o último classificado tem somado entre 19 e 21 pontos. Em 2006, o América conquistou a quarta colocação com 19, em 2005 o Atlético também somou 19. Em 2004, as equipes jogaram um jogo a mais e a Caldense somou 22 pontos e em 2003 (por pontos corridos) o Tupi foi o campeão do interior com 20, ficando na quarta colocação.


    2003 2004 2005 2006
    Cruzeiro - 32 Atlético - 28 Cruzeiro - 26 Ipatinga - 25
    Atlético - 25 América - 27 Ipatinga - 24 Cruzeiro - 24
    América - 23 Cruzeiro - 26 URT - 21 Atlético - 19
    Tupi - 20 Caldense - 22 Atlético -19 América - 19

    Seguindo essa matemática, faltariam para o Tupi entre 13 e 15 pontos. Com seis pontos na tabela, em quatro jogos, o saldo atual é a quinta colocação. Com três jogos fora e somente um em casa, contra o Atlético, mais quatro vitórias e um empate classificaria o Galo Carijó.

    Zagueiro Samuel

    Para o zagueiro Samuel ( foto ao lado) basta vencer em casa e o tupi estará classificado. Para ele, num campeonato de tiro curto, quem tem o domínio do local tem obrigação de vencer.

    "Os times que jogam em casa não precisam viajar, conhecem o ambiente, o gramado e contam com o apoio da torcida. Por isso os três pontos são uma obrigação. Num campeonato em que o Tupi atua somente 5 jogos em casa é fundamental vencer todos", diz o zagueiro.

    Os fatores destacados por Samuel encontram nas duas derrotas da equipe até o momento a justificativa para os insucessos contra Ituiutaba e Guarani. "Contra o Ituiutaba viajamos 17 horas, jogamos num campo cheio de lama em que só o adversário conhecia e mesmo assim poderíamos ter saído com um resultado melhor".

    Depois do Villa Nova, os próximos adversários no Municipal são as equipes do E.C.Democrata, Ipatinga e Rio Branco. Fora de casa, o tupi enfrenta América, Cruzeiro e Caldense.

    Jogo treino
  • O Tupi derrotou por 9 a 1 o Manchester em jogo treino na quinta-feira, dia 22 de fevereiro. Os gols foram marcados por Felipe, Renato Santiago (2), João Júnior, Wélsey, Leandro Guerreiro (3) e Vanderlei.

  • O Tupi deve atuar contra o Villa Nova com a seguinte escalação: Marcelo Cruz, Zé Carlos (Santos), César, Samuel e Gean; Chicão (Júnior Negão) (Pires), Gílson, Santos (Geraldo) e Sidnei; Felipe e Renato Santiago.

  • Confira os outros jogos da rodada rodada

    *Guilherme Oliveira é estudante de Comunicação Social da Universidade Federal de Juiz de Fora

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.