• Assinantes
  • Autenticação
  • Fim de Ano
    Terça-feira, 21 de dezembro de 2010, atualizada às 17h08

    Queima de fogos da virada em Juiz de Fora vai custar R$ 70 mil

    Clecius Campos
    Repórter

    A queima de fogos em comemoração à virada do ano, em Juiz de Fora, custará R$ 70 mil. Este é o valor a ser gasto pela Prefeitura (PJF) para iluminar quatro pontos da cidade. De acordo com o secretário de Comunicação Social da PJF, Rodrigo Barbosa, a intenção é permitir que o show pirotécnico seja visível em 90% dos bairros da cidade.

    "O planejamento é igual ao pensado para o ano passado. Naquela ocasião montamos o mesmo esquema, mas as chuvas não permitiram que as queimas fossem realizadas. Tivemos, inclusive, que suspender os fogos no Morro do Imperador, o ponto mais tradicional." A expectativa é que o tempo ajude este ano.

    Os shows pirotécnicos ocorrerão em quatro pontos da cidade. A queima no Morro do Imperador dará visibilidade para os moradores da região central e dos bairros da Cidade Alta, além de bairros da zona sul. Os fogos lançados do terraço do prédio da Prefeitura, na avenida Brasil, poderão ser vistos do Centro e dos bairros da zona leste. As queimas que serão feitas no bairro Vivendas da Serra permitirão espetáculos aos moradores das redondezas dos bairros Bandeirantes, Manoel Honório e Grama. A população da zona norte poderá ver os fogos lançados a partir do bairro Benfica (ver mapas).

    Os fogos serão iniciados, simultaneamente, à 0h. As queimas terão duração de 10 a 15 minutos em cada um dos pontos. A tecnologia permitirá que novos efeitos sejam incorporados às queimas tradicionais.

    Os textos são revisados por Thaísa Hosken

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.