Porquinho-da-índia O bichinho é um roedor que se adapta bem como animal de estimação,
se criado desde pequeno

Este bichinho, com carinha de hamster, é chamado de porquinho-da-índia por um engano histórico. Acredita-se que os espanhóis ao chegarem à Índia, no século XVI, viram o bichinho e pensaram que era um porco pequeno. É da família dos roedores, como os coelhos e os hamsters, mas é um pouco mais lento e não é bom em escaladas, por isso, será mais difícil de perdê-lo pela casa. É considerado um animal manso, e dificilmente morde. Isto só acontece se ele se sentir ameaçado.

Um porquinho-da-índia macho, ao ficar adulto, chega a um tamanho de 25cm, com peso de até 1,2kg. A fêmea tem cerca de 20cm e 800g. Ao nascer costuma ter 7,5cm. Seu tempo de vida, em média, é de quatro anos. Alimentá-los é fácil. Pode ser com ração de coelho, feno, capim, brócolis, couve-flor, cenoura e até frutas. Mas, atenção! Alface não é uma boa pedida, porque pode dar diarréia.

O porquinho-da-índia pode morar em gaiolas, que devem ter uma altura mínima de 25 cm para que não fujam. Também é importante espaço para que o animalzinho se exercite e não se sinta preso.

Eles gostam de túneis para brincar. Faça limpeza da gaiola duas vezes ao dia, para que não tenha odores. O mais recomendado para forrar é o jornal. Se usar palha, cuidado para ela não mofar, porque pode causar problemas respiratórios no porquinho.

A mamãe porquinho-da-índia pode ter de dois a três filhotes - acredite, algumas chegam a ter seis! Para o acasalamento, as fêmeas devem ter de três a sete meses e os machos, entre três e quatro meses. O período de gestação costuma ser de 62 dias. Em três semanas, o filhote desmama. Se você tiver um casal destes roedores, lembre-se que a fêmea pode acasalar logo depois de dar a luz.

Os cuidados com a higiene do porquinho é importante, porque algumas de suas doenças são provenientes de maus cuidados com a limpeza de sua gaiola, superpopulação de animais, pouca ventilação e até má alimentação. A limpeza é o melhor caminho para deixar o animal longe de pulgas, vermes e sarnas. Uma das acracterísticas de que ele está com problemas de saíde é que seu pêlo fica seco e arrepiado.

Origem: Rodentia
Família: Cavidae
Gênero: Cavia
Espécie: Cavia porcellus, Cavia aperea e Cavia cobaio

Fontes:
www.petfriends.com.br
pt.wikipedia.org/wiki

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.