Projeto Cães de Escola Há mais de um ano projeto tem como objetivo principal aproximar
comunidade escolar e Polícia Militar

Guilherme Oliveira
21/06/07

À primeira vista eles podem assustar. Treinados para combater o crime, localizar criminosos, os cães da Polícia Militar têm sido também um elo entra as escolas e a instituição de Segurança Pública.

Criado em março de 2006, o Projeto Cães de Escola, implementado pela 3ª CIA de Missões Especiais, tem atraído a atenção da criançada para palestras que integrantes da Polícia Militar realizam, principalmente, para alunos da 4ª, 5ª e 6ª séries de escolas públicas e privadas.

Além de tentar estabelecer o fortalecimento no sentimento de confiança da Polícia, levar ao conhecimento da comunidade o objetivo do emprego dos cães em diversas operações, também está a intenção de alertar as crianças sobre questões relativas a drogas, armas, prevenindo ações como delitos e danos ao patrimônio.

Com 12 anos de polícia, há quatro trabalhando com cães da instituição, o Policial Militar Cabo Luciano, que faz parte de uma das equipes do projeto como palestrante, diz que os resultados são bastante positivos e que os cães além de serem uma atração à parte, ajudam a prender a atenção das crianças.

"O cão é um elo entre nós e os alunos. Dificilmente conseguiríamos passar uma mensagem para eles sem a presença dele. No final da palestra os alunos nos procuram e querem tirar qualquer tipo de dúvida"

Geralmente as escolas que procuram o projeto é porque estão encontrando algum tipo de problema, como depredações. Inicialmente, em alguns casos, alunos se intimidam um pouco diante da presença policial. "É questão de tempo, nós aproximamos mais daquela criança através de brincadeiras, respondemos as dúvidas dela e procuramos ser sempre positivos", diz Luciano que também destaca alguns números do projeto.

Foto Cães Foto Cães

"O resultado inicial que temos é que foi reduzido em 52% o índice de violência nas proximidades das escolas. Além disso, é muito importante a proximidade com as crianças. As vezes elas passam a ser amenizadoras do lar, evitando brigas entre os pais", conta.

Um cão policial geralmente fica em atividade até os oito anos de vida. O projeto não é realizado apenas em escolas, mas também em empresas e outras instituições. A escola que se interessar pelo projeto deve entrar em contato com a CME, pelo telefone 3229-6203.

Saiba quais são os principais objetivos do projeto
  • Estabelecer o fortalecimento no sentimento de confiança na instituição Polícia Militar

  • Conhecer a realidade da comunidade local com o propósito de melhorar e priorizar o atendimento aos anseios da comunidade

  • Atuar de forma preventiva nas escolas coibindo a prática de delitos como dano ao patrimônio, apologia ao crime, entre outros

  • Coibir o uso e o tráfico de entorpecentes e o porte ilegal de armas nas escolas e nas imediações, com a presença de militares do canil que poderão receber diretamente informações e denúncias

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.