O que fazer fora da escola

Olá, pessoal. Essa é a Ariele Dutra Ferreira, nossa amiguinha que este mês vai estar dando algumas dicas bem legais pra gente.

Pra você que brincou e se divertiu durante as férias, a volta às aulas nem sempre parece uma boa, não é verdade? Ah, fala sério, voltar para as aulas não é tão ruim assim, não é? Tem coleguinha novo, professor legal que começa dar aula pra gente. Tudo é novidade. A gente muda de sala, as matérias e os livros são novos... Isso, pra quem não repetiu de ano, é claro!

Além do mais, vamos combinar, né, são só cinco "horinhas" que passam muito rápido. Então, o resto do dia sobra pra gente fazer o que quiser. Anote as dicas da Ariele e divirta-se!!!

Natação, balé, inglês ou espanhol, futebol, computador, teatro, judô, oficina de pintura, capoeira... E aí gostou da idéia? São ótimas opções pra você curtir de manhã ou de tarde quando você não estiver na escola... Vamos lá! Anime-se!

Com esse calor, então, é uma delícia. A natação é considerado o esporte mais completo porque estimula todas as partes do corpo. E, depois que você aprende a nadar, não precisa de usar aquelas boinhas nem na praia, nem no clube. Ajuda na sua saúde e você ainda conhece novos amiguinhos. Algumas escolas oferecem aulas de natação. Se esse não é o caso do seu colégio, peça à mamãe pra procurar um clube da cidade.

Aprender a dançar é muito legal. Você pode fazer jazz, sapateado (que é um sapato preto na sola que quando bate no chão faz um barulho) e balé clássico, aquele das sapatilhas na ponta dos pés. Tem sempre uma apresentação no final do ano em que toda sua família e amigos vão ver você dançar. Aqui em Juiz de Fora, há várias colégios e academias que têm aula de balé.

E não é só pra meninos não. Para quem é fã do Ronaldinho, saiba que o esporte mais popular do Brasil, é uma beleza para manter a saúde em dia. E tem mais, quem aprende na escolinha não faz feio nas peladas com os amigos. Tem futsal, que é o futebol de salão, futebol soçaite, aquele da quadra de areia, e futebol de campo. Além dos clubes e escolas, você pode praticar esse esporte como um craque. Isso mesmo! Flamengo e Cruzeiro têm escolinhas aqui em Juiz de Fora é só escolher...

Não é pra sair por aí brigando não, viu? É pra aprender os segredos de uma arte marcial ou então praticar o gingado de um esporte criado pelos escravos brasileiros e que só existe aqui no Brasil. Defesa e ataque, força e flexibilidade dos movimentos, concentração e raciocínio são alguns benefícios desses esportes. Se na sua escola ou no seu clube não tem, peça à mamãe uma ajudinha.

Não importa a modalidade, praticar esporte faz muito bem pra saúde. E além de conhecer as regras de cada jogo, você ainda faz um monte de amigos. Quer coisa melhor pra fazer antes ou depois da aula? Essa é a minha sugestão.

Não é todo mundo que consegue dar estrelinha, cambalhota e saltos variados. Na ginástica você aprende tudo isso e muito mais. Tem a cama elástica que é uma diversão, as barras de ficar pendurado e fazer acrobacias e vários outros aparelhos. Mas atenção, não tente fazer isso em casa, pode ser muito perigoso. Se você quer virar um atleta da ginástica, colégios, como a Academia, oferecem aulas desse esporte. Quem sabe você ainda não participa de uma olimpíada?

Você pode escolher. O importante é aprender uma língua estrangeira e quanto mais cedo, mais fácil. E não me venha com a desculpa de que você já faz inglês na escola... Nos cursinhos você aprende muito mais: sobre a cultura de um outro país, você vê filmes na língua que está aprendendo, ouve música, e ainda tem vários exercícios no computador. Quer mais?

Como as línguas estrangeiras, quanto mais cedo, melhor. Para você se tornar um craque do mouse e um internauta de carteirinha. E o que é melhor vai poder pesquisar, estudar e fazer trabalhos de dar inveja a qualquer coleguinha. Copiar da Internet, não vale, é nota zero! Você acha que a professora não vai descobrir? Também não se esqueça da biblioteca. Os livros são uma ótima companhia para os tempos vagos...

Quem sabe você não vai parar na Globo um dia desses como a Lara Rodrigues? Se você tem criatividade de sobra e quer colocar pra fora toda sensibilidade que existe dentro de você, já sabe de cor os diálogos do seu filme preferido e vive fazendo um drama, vá ao teatro! Faça teatro. Tem cursos especializados e colégios que mantém uma companhia de teatro. Vá lá e se inscreva ou então peça à mamãe pra procurar a melhor alternativa.

Pintura, escultura, desenho pra você pintar o sete, o oito, o nove... Pra quem tem facilidade e adora as aulas de artes, é uma boa para desenvolver o dom. Você vai aprender a fazer várias coisas lindas. Vale à pena. Se na sua escola não tem, a Biblioteca Municipal Murilo Mendes está sempre oferecendo cursos de artes. Peça à mamãe pra procurar mais informações.

Flauta, violão, piano, bateria, guitarra... Das duas uma: ou a mamãe e o papai vão adorar ou não vão gostar nadinha da idéia. Imagina uma bateria estridente dentro de casa. Vale qualquer sacrifício pela arte? Nem tanto, imagina os vizinhos o que vão achar... Para evitar dor de cabeça, confira aqui onde estão as escolas de música em Juiz de Fora.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.