Michel Joelsas Ele é Mauro, o personagem principal do filme brasileiro
"O Ano que meus Pais Saíram de Férias"

Foto do ator Michel Joelsas Carisma e inteligência. Duas de muitas qualidades que o ator que estreou em "O Ano que Meus Pais Saíram de Férias", Michel Joelsas, de 12 anos, mostrou na palestra que concedeu ao público de Juiz de Fora. O encontro aconteceu nesta terça, 07 de novembro, juntamente com o produtor do filme Fabiano Gullane.

Em um primeiro momento, ele demonstra certa timidez, mas responde as perguntas da platéia, esbanjando simpatia e provocando a admiração dos presentes na palestra.

Ele conta, em entrevista à ACESSA.com, que é a primeira vez que trabalha como ator e não tinha nenhuma experiência antes de ser selecionado para o filme do diretor Cao Hamburger. A tia de Michel, Susan Dias, que veio acompanhar o ator-mirim à Juiz de Fora, lembra que na infância, ele gostava de brincar de "teatrinho" com os primos.

Entre mais de mil crianças, Michel foi selecionado, em São Paulo. Confira, agora, o que Michel fala sobre esta experiência de ator, que deseja para o resto de sua vida, de preferência, atuando como diretor de fotografia também.

ACESSA.com - Michel, quando abriram a seleção para o elenco do filme [O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias], você ficou em dúvida se participaria ou teve certeza de que queria atuar no filme?

Foto do ator Michel Joelsas Michel - Ah, eu pensei, 'Vou participar', mas nada esperado. Fui, assim, por vontade própria, nem esperando nada.

ACESSA.com - Alguém incentivou você a concorrer?

Michel - Li a carta que tinha, falei 'Mãe, quero participar. Você me leva?'. Ela falou, 'Vamos. Legal você participar'.

ACESSA.com - Você já tinha feito teatro?

Michel - Nunca. Mas agora eu tenho vontade de fazer.

ACESSA.com - Como foi o teste? Você achou difícil?

Michel - No começo eu achei que eu fui muito mal, que eu nunca ia ser chamado para o segundo. Só que, de repente, eu fui chamado para o segundo [teste] e comecei a levar tudo mais a sério, me esforcei mais pra pegar aquele papel.

ACESSA.com - Como ficou a escola na época dos ensaios, da filmagem e agora com as viagens de lançamento do filme?

Foto do ator Michel Joelsas Michel - Ah, eu tive aula particular depois das filmagens e eu faltei dois meses na escola, né. A escola cedeu uma professora pra eu poder acompanhar.

ACESSA.com - E os amigos, o que acharam de fazer um filme brasileiro. Existe uma matéria que fala que alguns fizeram piadas por ser filme brasileiro.

Michel - Meus amigos nunca fizeram piadas. Ao contrário, eles acham que ´são muitos bons os filmes brasileiros. Eles assistiram ao filme e falaram que tá muito bom. Só uma pessoa só, que brincou, não falou sério de que filme brasileiro.

ACESSA.com - Como foi atuar com os novos amigos que você disse ter feito? Os amigos que você fez nas filmagens é para o resto da vida?

Michel - Eu vi uma atuação muito legal, né. Eles viraram meus amigos realmente. Até as participações mais conhecidas como Caio Blat, Simone Spoladore, Liliana Castro, eu fiquei meio assim, 'como é que eu vou trabalhar com eles?'. Depois, eles acabaram virando meus amigos também.

ACESSA.com - O que você vai querer fazer? Ser ator, diretor de fotografia...

Michel - Minha vontade é ser os dois, porque eu gosto bastante das duas coisas. Se fosse pra decidir por uma eu não saberia, mas eu quero fazer os dois.

ACESSA.com - Quantas horas por dia você ficava nas filmagens?

Michel - A gente ficava no set de filmagem 12 horas e filmava 11, 10 horas por dia.

ACESSA.com - Que mensagem este filme passou para você?

Foto do ator Michel Joelsas Michel - Uma mensagem que deu uma experiência muito grande, que eu nunca vou esquecer. Mostrou um pouco do Brasil no passado, a maior de todas as Copas, de todos os tempos, né, a de 1970. É um bom filme brasileiro. Pra mim, não tem como comparar filme brasileiro, filme americano, estrangeiro, porque tudo é filme. Pra mim, filme é filme e foi uma grande experiência.

ACESSA.com - Quem está pensando em ser ator ou atriz, qual a dica que você dá?

Michel - Uma boa dica é treinar, fazer técnicas em casa com a própria família. Quando tiver um teste pra um filme, ir sim, se esforçar. Tentar também interpretar com os olhos, mostrar o sentimento que a pessoa tem.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.