Juiz de Fora - MG

Rua de Brincar em Ponte Preta terá roda de capoeira e brincadeiras neste domingo

A população poderá aproveitar brincadeiras como bola ao alvo, jogos de lata, cordas individuais e coletivas e pernas de pau, além de apresentação de roda de capoeira

por Redação - 06/08/2022


Neste domingo (7), de 8h às 12h, a Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) vai promover atividades na Rua de Brincar do bairro Ponte Preta, na Avenida Gabriel Sobreira. A população poderá aproveitar brincadeiras como bola ao alvo, jogos de lata, cordas individuais e coletivas e pernas de pau, além de apresentação de roda de capoeira da Associação de Capoeira Exército de Bambas (Aceb) e exposição de artesanato.

A Rua de Brincar é uma iniciativa do Programa Boniteza que visa garantir espaço de lazer para os moradores. As ações no bairro Ponte Preta neste domingo serão promovidas pela Secretaria de Planejamento Urbano (Sepur) e pela Fundação Alfredo Ferreira Lage (Funalfa) da PJF. Já a Associação Social Brincando com a Arte vai fazer uma exposição de artesanato. Além disso, às 10h, acontece apresentação de roda de capoeira da Aceb do mestre Bigode e os interessados poderão receber tutoria de como praticar o esporte. O evento homenageia o dia do capoeirista, celebrado durante esta semana.

Rua de Brincar

O projeto é realizado todos os domingos, de 8h às 12h, nos bairros Santa Cruz (Rua Sebastião Schneider - Rua do Caic); Retiro (Rua Aladim Silva); Ponte Preta (Avenida Gabriel Sobreira); Santa Luzia (Rua Três Ilhas, entre as ruas Água Limpa e Ibitiguaia); e na Avenida Brasil, no trecho entre a Rua Benjamin Constant e a Rua Mal. Setembrino de Carvalho (Ponte do Ladeira).

Em conjunto com a Rua de Brincar, o projeto itinerante Expresso do Brincar também estará na ação de domingo na Avenida Brasil, de 8h às 13h. A ação terá como cenário um trem com diversas atividades de aprendizagem. Dentre as atrações, terá a “Estação Artista”, com quadros de artes, tintas, pincéis e outros objetos que estimulam a criação; a “Estação Mundo da Imaginação”, que tem como premissa disponibilizar tempo para a criança explorar o espaço, brinquedos e outros elementos; a “Estação Serelepe” para a experienciação dos circuitos motores das crianças, levando em conta a inclusão e acessibilidade para todos às atividades; a “Estação Sossego”, que traz atividades e elementos para trabalhar a concentração e atenção; a “Estação mão na massa”, dedicada à construção de brinquedos; e a “Estação Memórias”, que incentiva brincadeiras regionais com materiais relacionados ao território.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.