• Assinantes
  • Autenticação
  • Tecnologia

    Personal trainer virtual
    Alunos criam programa para gestão de academias de ginástica

    Deborah Moratori
    09/12/02

    Ricardo Maroquio e Daves Martins acabaram de chegar do Rio de Janeiro onde estiveram no mês passado concorrendo com o projeto BoddyOffice aos recursos da Finep (Financiadora de Estudos e Projetos). A iniciativa da financiadora visa a apoiar a execução de pesquisas que apresentem potencial de aproveitamento econômico e a transferência de tecnologia para as empresas do setor.

    A dupla já é veterana na criação de softwares. Antes do BoddyOffice, Ricardo e Daves desenvolveram o CAi 2003 Lite!.

    O BoddyOffice, trabalho da empresa Universoft, foi o único selecionado do Agente Softex Genesis para a etapa final do edital, atendendo aos critérios inovação e amplo potencial de mercado. Eles voltaram sem o benefício de R$70 mil, mas a indicação para a etapa final do processo, segundo os estudantes, já foi a primeira vitória da empresa.

    Treinador particular
    A idéia de criar o programa partiu da necessidade pessoal. "Depois de um tempo a gente percebe que os alunos das academias ficam perdidos. A gente não sabe se os exercícios estão surtindo efeito, se a complementação com uma dieta poderia ajudar", lamenta Ricardo.

    O BodyOffice é um software que pretende integrar todos os departamentos de uma academia de ginástica. "O objetivo do programa é automatizar os processos da academia, desde o controle dos equipamentos e a emissão das boletas de mensalidade até a sugestão de exercícios e dieta para os alunos", explica Daves.

    O software armazenará diversas informações sobre alunos, alimentos, exercícios, dietas e saúde. Ele vai gerar estatísticas, relatórios e diversos gráficos sobre o desenvolvimento do aluno, funcionando como um terminal de consultas não só para os funcionários da academia, mas principalmente para os alunos. O acesso a essas informações pela Internet é outra idéia que Ricardo e Daves pretendem desenvolver.

    "O grande diferencial do programa é o acompanhamento do desenvolvimento do aluno". De acordo com Ricardo, o Boddy Office não dispensa a atuação do professor de educação física, mas auxilia o trabalho desse profissional já que ele não pode atender com mesma atenção todos os alunos de uma academia.

    Parcerias
    Em janeiro, eles pretendem dar início ao desenvolvimento do software. Em dez
    meses, os trabalhos devem estar concluídos.

    Por enquanto, os alunos estão à procura de recursos e parcerias com academias de ginástica que disponibilizariam os profissionais necessários - professores de educação física, nutricionistas, endocrinologistas - ao desenvolvimento do programa.

    Mais informações com Daves Martins e Ricardo Maroquio, através dos telefones 3229-3321 (Agente Softex Genesis Juiz de Fora/UFJF) e 3218-7059 (Universoft) ou pelos e-mails daves@universoft.com.br ricardo@universoft.com.br.


    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.