• Assinantes
  • Autenticação
  • Tecnologia

    You Tube O famoso site de busca de vídeos na internet já veicula curtas profissionais e caseiros produzidos em Juiz de Fora

    Renata Cristina
    Repórter
    13/09/2006
    Assista o making off do filme Lanterna Mágica, produzido pela Groia Filmes, em Juiz de Fora e que também está disponível no You Tube. Para ver o vídeo, clique ao lado

    Veja!

    Se comparássemos o You Tube com uma sala de cinema convencional, poderíamos dizer que 100 milhões de filmes são assistidos lá todos os dias. Para quem não está por dentro da nova onda na internet, que chegou ao recorde de 50 milhões de acessos, só em julho deste ano, o You Tube reúne vídeos de pequena duração de, no máximo 12 minutos, das mais diversas categorias.

    Através de um mecanismo de busca, os internautas podem localizar vídeos caseiros, humorísticos e até históricos. O mais interessante é que a filmoteca virtual utiliza os vídeos enviados pelo próprio público.

    Mas qual o segredo para o sucesso? A diferença do You Tube para as outras formas de exibição de vídeos, como a televisão, por exemplo, é que não há hora e data para assistir aos filmes. Todo o conteúdo está disponível no momento em que os "navegantes" estiverem interessados em vê-los, selecionando os temas que lhes convêm, fato que garante maior autonomia aos usuários. A proposta também acontece no projeto da TV Interativa, porém no Brasil, ainda muito pouco difundido.

    Além disso, na página, não existe diferença entre a câmera profissional e as digitais que se popularizaram no mercado. Todo mundo pode divulgar o seu conteúdo. Some a todos esses fatores, duas questões: a difusão da internet banda larga e o aumento do interesse mundial por vídeos na web.

    Uma pesquisa do Ibope/Net Ratings registrou o grupo de sites no país que mais recebeu acréscimo de usuários novos em julho, resultado: o de vídeos e filmes. O aumento foi de 21%, no período de um mês, se comparado os 3,4 milhões de usuários únicos domiciliares, em junho, para 4,2 milhões, em julho, em número de usuários únicos.

    Vídeos produzidos em Juiz de Fora
    Contaminado pelo sucesso do You Tube, o estudante de publicidade, Lucas da Silveira Souza (foto ao lado), começou a acessar o conteúdo do site interessado em clipes de bandas internacionais. "Muita coisa que seria difícil de encontrar nas lojas, achei lá, de graça", revela. Depois de conhecer a história de seus ídolos, o estudante decidiu colocar o material de sua banda de rock, Glitter Magic, no You Tube. Atualmente, o grupo comemora o número de acessos na gravação caseira de "We will rock you", contabilizando 122 visualizações até o dia de hoje, já que antes era pouco conhecido.

    De acordo com Lucas, o site ajudou a turma de roqueiros a conseguir contatos fora da cidade. "Acho que os shows no Rio de Janeiro já iam rolar, mas o vídeo foi um atalho pra gente", explica.

    O outro integrante da banda, Everton Ladeira Moreira, mandou também vídeos das bandas Elevare e Dynamo, com a interpretação de músicas e apresentações em shows. "Gravo tudo com a câmera digital e envio para o You Tube". As gravações duram em média um minuto.

    A equipe de uma produtora de filmes, comerciais e curtas, em Juiz de Fora, aprovou a possibilidade de divulgar seus vídeos no You Tube. O chargista Cacinho, Acácio Alves, (foto ao lado - boné) tratou logo de enviar suas animações. "Esse é mais um canal para divulgar o nosso trabalho", salienta. Os curtas Alberico Procura, Onde está o Barulho e Fumar faz Mal, já estão na web.

    O companheiro de trabalho Fábio Nogueira (foto ao lado - à esquerda) acredita que o You Tube é uma forma de propaganda gratuita, no caso de produtoras. "É mais um recurso para o nosso portifólio, mas ainda não se compara à qualidade de imagem do cinema e da televisão", ressalta.

    O cineasta Franco Groia não ficou fora desta. O making-off do filme Lanterna Mágica, a vinheta de abertura do projeto Cine Clube Mezcla , dentre outras produções fazem parte da "Filmoteca You Tube". Para o cineasta essa é uma forma de democratizar a produção audiovisual. "Acho super positivo, a nível de democratização é fundamental", pondera.

    Miscelânea virtual
    Sílvio Santos candidato às eleições de 89, Madonna dançando Like a Virgin, Michael Jackson em época de Jacksons Five, Fidel Castro caindo, Os sete anões dançando música latina... essas são algumas da pérolas que se pode assistir no You Tube.

    A estudante de artes, Marcella Ávila (foto ao lado), confessa que se diverte no site. "Na verdade, acesso quando alguém me manda o link de algum vídeo engraçado". Entre os preferidos, está o vídeo Jeremias, que conta a história real de um homem preso por dirigir bêbado, qualificando pelos internautas com quatro estrelas.

    Assim como os famosos comerciais e capítulos de novelas, os vídeos do You Tube são motivo de comentário entre amigos. No Brasil, um dos recordes de sucesso é o Tapa na Pantera, produzido por cineastas paulistanos e que tem no enredo a história de uma velhinha viciada em maconha. As sátiras do site Kibe Loco também fazem sucesso na rede, com William Bonner imitando Clodovil ou Fernando Vanucci bêbado ao vivo.

    Outro site da categoria famoso por seus vídeos é o americano Meta Cafe, mas que ainda não atingiu a popularidade do You Tube.

    Os vídeos de Juiz de Fora no You Tube
    Clique nos títulos para assistir!

    We will rock you
    I Remember You - Skid Row cover
    Elevare live
    ELEVARE - World...desert? (live)
    ELEVARE - the end of recording sessions
    DYNAMO - David Riera studio suffering
    DYNAMO promocional
    Alberico Procura
    Onde está o barulho
    Lanterna Mágica

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.