• Assinantes
  • Autenticação
  • Casa
    Banheiras de hidromassagem e de imersão
    Cada vez mais diversificadas, elas exigem espaço no banheiro, terraço ou salas de banho para um momento relaxante

    Sílvia Zoche
    04/01/05

    Veja os diferentes modelos de banheira e as novidades de material para revestimentos. Clique e escolha o que mais combina com seu estilo.

    Veja!

    Super sofisticadas, as banheiras estão cada vez mais incrementadas e bonitas, com recursos de deixar qualquer um de queixo caído. Os jatos de relaxamento são indispensáveis, são eles que vão proporcionar o relaxamento desejado. Olhando cuidadosamente é possível encontrar banheiras de hidromassagem controladas até por computador, com sistemas de luz, filtragem de ar, esterelização da água e, pasmem!, com DVD e televisão, como o exemplo da foto ao lado.

    Até mesmo as de modelo da casa da vovó possuem muito mais do que a simples entrada e saída de água. Através da circulação dos jatos é que a água esquenta. Ainda existem os modelos simples, mas, de acordo com a vendedora e orientadora de materiais de acabamentos, Patrícia Vieira, a procura é pequena. "As de hidromassagem, com jatos de água, são mais caras, mas compensa mais, no fim das contas".

    O material delas pode ser de acrílico ou fibra. Segundo a arquiteta Lucíola Gonçalves, a limpeza é uma tarefa fácil. "É só usar um sabão neutro e uma esponja", diz. Mas ela lembra que a água de uma banheira deve ser usada uma única vez. "Quando a pessoa sai da banheira, ela pode reparar que a gordura do corpo ficou depositada entre as espumas. Por isso, não dá para usá-la novamente", explica.

    O comprimento de uma banheira retangular varia de 1,20m a 1,90m. As redondas tem menor saída, por ocupar mais espaço. "Atualmente, os banheiros, mesmo de apartamentos classe A, não são muito grandes. Quando a suíte é master, fica mais fácil colocar uma banheira maior", diz Lucíola. Mas para o problema de espaço, existe uma alternativa: a banheira vertical. Ela possui vários jatos e fica em um boxe e a pessoa relaxa em pé mesmo. Na foto acima, à direita, aparece somente a hidromassagem vertical, sem o boxe.

    Outra alternativa para quem não tem muito espaço no banheiro e possui uma área no terraço, é colocar um spa. O spa é uma banheira coletiva, para seis a sete pessoas, com hidromassagem também é uma vantagem. Além de ser melhor que uma piscina, por possuir os jantos relaxantes, ela possui um esterelizador de água. Isso possibilita que a troca da água seja feita de dois em dois meses.


    Tendência de cores
    A tendência das cores continua sendo o branco, assim como em todo o restante do banheiro. A arquiteta diz que máximo que se usa é a cor biscuit (um bege bem claro). A dica de Lucíola é usar cores fortes nos detalhes do acabamento ou fazer o banheiro todo branco e dar um toque de cores através dos enfeites (toalha, vasos, sabonetes...).

    Além do branco, existe o ofurô, que é todo em madeira. Mas Lucíola indica que o ofurô fique em um espaço mais zen, com plantas e música ambiente. "O ofurô é, especialmente, um espaço de imersão. É para pessoa que gosta de curtir um jardim, porque realmente é relaxante", afirma.

    Revestimento de pedra Vidro e pedra Revestimento de pedra

    Apesar disso, Patrícia considera o ofurô mais difícil de limpar, porque a madeira, com o tempo, vai absorvendo as impurezas da pele e dos produtos. Sem falar no preço que varia entre R$ 4 mil e R$ 5 mil. "Por esse preço, você compra uma excelente hidromassagem", diz.

    Você não pode deixar de saber
    Para ter uma banheira em casa ou em apartamento, é preciso contratar uma excelente mão-de-obra (leia-se pedreiro e bombeiro). Parece óbvio, mas essa dupla será responsável por uma instalação perfeita. Ninguém quer ver uma banheira trincada ou que dê infiltrações. Contra rachaduras, Patrícia diz ser necessário que a banheira esteja apoiada. "Se houver algum espaço, ela pode trincar sim". Já contra infiltrações é preciso revestimentos de primeira qualidade e excelente vedação.

    Se sua residência é antiga e não é no térreo, a arquiteta aconselha chamar um engenheiro para analisar se a estrutura da casa agüenta uma banheira.

    Outro ponto importante: banheira não foi feita para tomar banho. Ficou surpreso? Mas é verdade. Ela é um local relaxador. Lembra-se da gordura que fica na banheira? Ela fica no seu corpo também. Por isso, tome uma ducha logo em seguida.

    Se o banheiro for pequeno, a ducha pode ficar acima da hidromassagem, mas não é recomendado. "Primeiro porque, mesmo se você não usar a banheira, você terá que limpá-la sempre. E o pior, na minha opinião, é o acesso. Subir numa banheira nem sempre é fácil para todo mundo, como para um idoso, por exemplo".

    Muitas pessoas possuem uma banheira em casa, mas não a usam. "Alguns clientes compram pela cor e nem sabem como usar os jatos a seu favor. Nem mesmo perguntam", diz a vendedora Patrícia. Porém, o motivo principal é o gasto de energia e de água. "A banheira puxa muita energia e tem capacidade para 260 litros de água", explica Lucíola.

    *Passe o mouse nas fotos tiradas de revistas para ver os créditos. As imagens de banheiras da galeria também foram tiradas de revistas. Os revestimentos são fotos tiradas pela ACESSA.com

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.