• Assinantes
  • Autenticação
  • Casa
    No relax das redes
    O aconchego das redes realmente é um atrativo, mas a segurança na colocação delas deve estar em primeiro plano

    Sílvia Zoche
    Repórter
    31/01/06

    Veja a galeria de fotos com acessórios para serem usados junto com a rede. No ícone vídeo, assista às recomendações da arquiteta e decoradora Marta Ganimi.

    Leia! Leia!

    Uma varanda e "uma rede preguiçosa pra deitar". Se tiver em volta "uma sinfonia de pardais", como disse Roberta Miranda, melhor ainda. É só imaginar, que a vontade de um relax no meio da tarde vem à tona. Mas antes de pensar em comprar, que tal saber se a estrutura de onde você pretende colocar a sua futura rede agüenta o peso e o balanço?

    Se a fixação for em alvenaria, a arquiteta e decoradora Marta Ganimi fala sobre a importância de saber se a estrutura do local comporta o peso. "Uma rede, normalmente, agüenta quase 200kg e, hoje em dia, os tijolos usados em construções são cada vez mais leves. É indicado perguntar ao engenheiro ou arquiteto, responsáveis pela construção, o que se deve fazer para colocação de uma rede", aconselha. Marta também explica que a parede deve ser de concreto e que se não for, o profissional deverá pedir que se faça um "colchão" de concreto para segurança.

    Na hora de fixar os ganchos, não pense que uma furadeira comum dará conta do trabalho. Para furar e colocar o suporte, será preciso uma furadeira especial, de profissional.

    Mas para quem não quer mexer com isso, existe a opção de redes com suporte sem fixação em paredes ou colunas, como esta da foto ao lado que, inclusive, é toda de madeira.

    Texturas e cuidados
    E por falar em materiais de rede, a de madeira ipê-tabaco foi feita para ficar no tempo - faça sol ou faça chuva. De acordo com Victor Henriques, que trabalha em uma loja de móveis resistentes às intempéries do tempo, para conservar a rede, é só passar uma lixa (de qualquer número) e, em seguida, óleo de linhaça. Ela agüenta, em média, 120 kg, já que por dentro da madeira, passam cabos de aço. Se é confortável? "Muito", diz Henriques. Mas se quiser, em vez de deitar-se diretamente sobre a madeira, pode ser colocado um futon - um tipo de "almofada-colchão".

    Tecelagem Algodão Algodão

    Entre as de pano, existem as de algodão, de tecelagem, feitas à mão e as famosas redes vindas do Ceará. A arquiteta lembra que na arte de decorar, existem tramas diferenciadas, como junco e aço. "Os metais nobres junto às fibras naturais são uma tendência. Quanto mais diferente melhor".

    As cores são variadas e existem tamanhos de solteiro e casal e, normalmente, são feitas para segurar até cerca de 120 kg. Os sócios-proprietários de uma franquia de tecelagem e produtos artesanais, Liliane e José Carlos de Vilhena, dizem que existe a possibilidade de fazer encomendas para tamanhos especiais, "mas sai mais caro", avisam. O tamanho padrão para solteiro da franquia é de 1,60m x 2,00m. Já o de casal é 1,60m x 2,40m.

    Na hora de lavar, Liliane avisa que por ser tecelagem, a rede só pode ser lavada à mão, com sabão neutro. "se lavar na máquina, a fibra vai esticar". As de algodão, a funcionária de uma outra loja de artesanato, Sandra Alves Galdi, diz que é possível lavar a rede na máquina. "Para não manchar, tem que dissolver o sabão em pó antes". Ao guardar, verifique se a rede está totalmente seca para que não fique mofada.

    Um toque na decoração
    Almofadas, tapetes, encosto e mantas podem dar um toque especial de beleza, conforto e aconchego.

    Para quem pensa em dormir, ler ou simplesmente admirar a paisagem ou pensar na vida, a rede é realmente uma boa opção, desde que se tome os cuidados citados acima.

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.