• Assinantes
  • Autenticação
  • Casa

    Verduras, legumes e frutas Algumas dicas importantes para saber se os hortifrutis
    estão no ponto de consumo

    Sílvia Zoche
    Repórter
    10/02/2006
    Clique no ícone ao lado e mande sua dica ou envie sua dúvida para qua algum internauta possa respondê-la

    Opine!

    Lista de compras à mão, dinheiro no bolso, calculadora e rumo às compras no mercado. Não esqueça de se alimentar antes de sair, pra não comprar coisas desnecessárias. Alguns macetes como olhar a validade dos produtos ajudam a economizar e a manter a saúde em dia.

    Mas ao chegar nas prateleiras dos hortifruti, o que acaba contando é a prática. No início, você pode até comprar algumas frutas verdes demais, legumes murchos e verduras sem viço.

    Assim como diz Carlos Alberto Montinotti, que trabalha com hortifruti há 25 anos, "os macetes se aprendem com o tempo". "A gente (ele e a irmã Maria José) começou a trabalhar com meu pai. Eu tinha, mais ou menos, sete anos. Quando não estava na escola, ajudava meu pai. No início, saber o que está maduro ou verde demais é bem difícil", conta.

    Mas não precisa desanimar, porque Carlos (foto ao lado) e Maria José dão dicas de como escolher bem alguns hortifrutis. Alguns legumes como a cenoura, a beterraba, brócolis e a couve-flor podem ter aproveitadas também as suas folhas. "Do brócolis pode ser usado até aquelas flores. Não tem problema nenhum. Pode fazer em sopas que fica uma delícia", diz Maria José Montinotti.

    Carlos comenta que no Ceasa de Belo Horizonte, ele viu uma empresa que pega as folhas que não são vendidas para fazer sopas enlatadas. "Essa empresa distribui pra creches e comunidades carentes. No Rio de Janeiro, tem gente que vive do resto que sobra no Ceasa de lá. Já li, uma vez, que mais de 30% da agricultura brasileira é desperdiçada".

    De olho nas dicas

    Uma dica que Carlos ensina é não ficar apertando os legumes e as frutas. "Quando o cliente faz isso, ele amassa o local, que depois fica preto", diz. Maria José completa e lembra que algumas pessoas têm a péssima mania de furar a fruta com a unha. "Qual cliente vai querer comprar depois?".

    Mas pegar a fruta ou o legume nas mãos não tem problema. Até porque esta é uma das formas de sentir o peso dela. "A pêra e a maçã é só você pegar na mão e dá pra sentir que ela está macia", ensina Maria José. Pra perceber mais facilmente, pegue uma pêra bem verde, que está na "cara" que não amadureceu. Na outra mão, uma pêra mais clara. A percepção fica bem mais fácil. "Com o tempo, você pega o jeito só de olhar", diz Carlos.

    Alface, espinafre e folhas verdes em geral

    Observar se as folhas estão bem verdes e viçosas. Se já estiverem amareladas e com manchas pretas, pode escolher outra.

    Alho e cebola

    É questão de peso. Se você pegá-lo e seu tamanho não for proporcional a seu peso, é sinal de que o alho não está bom. A dica é apertá-lo em uma das extremidades. Se ceder um pouco, está bom. Já a cebola, é bom observar se não está melando, se está murcha.

    Abóbora e moranga

    Observe se não há manchas escuras na casca, que fogem da cor padrão. As que estão expostas abertas, Carlos explica que já estão no ponto. "A pessoa só parte quando está pronta pra ser consumida".

    Abacaxi

    Sabe aquele truque de puxar um galho da coroa do abacaxi? Pra Carlos isso é 'furada'. "A gente tira, porque a maioria das pessoas acredita. Mas tem abacaxi que tem a coroa tão fechada que, mesmo bem maduro, o galho não sai". Agora, quanto a fruta está bem madura, ela atrai o cosumidor pelo seu perfume.

    Beterraba

    Escolha de tamanhos médio e pequeno. As maiores, depois de cozidas, perdem um pouco da cor. Se perceber que elas estão murchando, antes de cozinhar, jogue-as na água.

    Batata

    Já a batata, deixe bem longe da água, porque ela começa a dar brotos. Não compre batatas que estiverem brotando e nem com manchas verdes. Maria José diz que não é bom consumí-las, mesmo que se recorte o broto e a parte verde.

    Berinjela

    Ela deve ter a cor uniforme e brilhante. Se estiver com manchas mais claras, rosadas ou amareladas, ela não está boa. E como todo legume, deve estar firme.

    Cenoura, chuchu e pepino

    A cenoura não pode estar murcha e nem melando. O chuchu e o pepino não devem ter manchas. Maria José prefere o pepino mais verde, "mas tem gente que gosta dele mais maduro e acaba comprando mais amarelado", diz.

    Caju e banana

    O caju deve ter a pele bem lisa, livre de manchas, assim como a maioria das frutas. Já a banana é boa de comprar quando estão com algumas manchas pretas. É sinal de que está madura.

    Coco

    Pra saber se o coco seco está bom, pegue o cabo de uma faca e dê algumas batidas. Se o som for oco, ele não está bom. Já o coco verde, pra saber se tem bastante líquido, você deve balançá-lo. Se ouvir o balanço, é sinal de que tem pouca água. Quando tem bastante água, não dá pra ouvir.

    Laranja, lima, limão

    A laranja boa pra suco deve ter tamanho de média pra pequena e se a ponta dela estiver dura, é sinal de que está sem caldo. A lima e o limão têm bastante caldo quando estão com a casca bem lisa.

    Tomate

    Carlos aconselha não comprar tomate muito maduro, porque ele rapidamente fica com gosto azedo.

    Milho

    Cuidado ao comprar o milho com casca, porque costuma ter lagarto. A palha deve estar bem verdinha.

    Mandioca e nhame

    Carlos aconselha não comprar mandioca e nhame em época de chuva, porque eles ficam 'aguados'.

    Participe!

    Se quiser contribuir com truques especiais ou tem alguma dúvida e quer que algum de nossos internautas respondam, envie um e-mail para redacao@acessa.com com o truque e seu nome completo que acrescentaremos na matéria!

    A Melhor Internet Está Aqui

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.