[php]insere("tit_adrianaemariaaugusta")[/php]

Artigo
Varizes

:::28/09/2005

As varizes incomodam muito as mulheres, pois além de comprometerem a beleza das pernas, causam sintomas que variam de uma sensação de peso a dores em queimação.

Ocorrem mais em mulheres (a proporção é de cinco mulheres para um homem) devido a influência dos hormônios sexuais femininos, gravidez e menor massa muscular que os homens.

São fáceis de serem diagnosticadas já que são visíveis logo no início do seu aparecimento. Apresentam-se como finas linhas ou um emaranhado de veias em forma de rede, podem ser avermelhadas ou violáceas. Em casos mais avançados tornam-se dilatadas e tortuosas.

Elas se apresentam de diversas formas :

a) Pequenas Linhas Avermelhadas: microvarizes

b) Mais Calibrosas e Azuladas

c) Nódulos que saltam
o plano da pele

Válvulas
No interior das veias existem válvulas que ajudam o retorno do sangue ao Coração. Quando as veias se dilatam, estas válvulas se afrouxam e não conseguem impulsionar o sangue pra cima, causando as varizes.

Causas
A principal causa vem da história familiar. Se seu pai e sua mãe têm varizes as chances de você também ter são grandes.

Outros fatores, além da genética, podem fazer aparecer ou piorar o quadro de varizes, como:

  • Pílulas anticoncepcionais
  • Reposição hormonal
  • Vida sedentária
  • Obesidade
  • Gravidez
  • Tabagismo
  • Uso de saltos muito altos
  • Trabalhar muito tempo em pé ou sentada
  • Como prevenir as varizes?

  • Cuidado com o corpo
  • Evitar obesidade
  • Exercício físico regular (mas cuidado com a sobrecarga e atividades físicas de alto impacto)
  • Repouso com as pernas para cima depois de um dia de atividade mais intensa
  • Caminhadas diárias
  • Uso de meia elástica
  • Como tratar as varizes?
    As varizes de médio e grosso calibre causam transtornos na circulação. Devem ser tratadas preferencialmente de forma cirúrgica. As telangiectasias e varizes de pequeno calibre causam transtornos estéticos e são tratadas pelas técnicas a seguir:

  • Escleroterapia
  • Espuma densa
  • Crioescleroterapia
  • Laser
  • O que é Escleroterapia?
    Introdução de uma substância esclerosante no interior de pequenos vasos causando irritação e o fechamento destes vasos.

    São vários os tipos de esclerosantes que serão escolhidos pelo médico de acordo com o calibre dos vasos.

    A técnica consiste na injeção da substância com o uso de agulhas finas, acopladas a uma seringa.

    A novidade é a introdução do esclerosante em forma de espuma densa, tornando o método mais eficaz devido ao maior tempo de contato desta com o interior do vaso.




    Crioescleroterapia
    A crioescleroterapia é um método em que o esclerosante é submetido a baixas temperaturas, podendo assim ser utilizado em vasos de maior calibre.

    Laser
    Existem aparelhos de laser como Photoderm e o Vasculight, porém o custo do tratamento é alto se comparados a um método como a escleroterapia, mas que apresentam bons resultados.

    São também indicados como tratamento complementar em veias de calibre muito pequeno.

    Quais os cuidados após a escleroterapia?

  • Após a aplicação a paciente terá a perna enfaixada e permanecerá assim por 3 horas;
  • Não devera fazer exercícios físicos por 48 horas;
  • Não deverá usar cremes hidratantes na noite da aplicação;
  • Não entrar na piscina por 48 horas;
  • Evitar o sol enquanto existirem equimoses (pontinhos arroxeados no local da aplicação)
  • Complicações

    As complicações mais comuns são pequenas erosões (crostas), pigmentação local (pequenas manchas escuras) e dolorimento tardio no local aplicado.

    A Escleroterapia é um procedimento praticamente indolor, realizado com freqüência nos consultórios, dispensa repouso ou afastamento das atividades profissionais e apresenta resultado satisfatório.


    Clique aqui e mande sua pergunta
    ou opinião sobre este assunto

    Adriana Ritti e Maria Augusta Torres
    são médicas especialistas em Medicina Estética
    Saiba mais, clicando aqui

    Conteúdo Recomendado

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.