Juiz de Fora - MG

No apagar das luzes de 2021, eu lhe desejo...

por Bárbara Fonseca - 04/01/2022




Saúde! Quem ousa pedir outra coisa em 2022? 

Como leitora de Drummond, não posso deixar de me refazer e desejar novos acontecimentos para ano que se aproxima, apesar da pauta pandêmica mundial. É preciso sim repartir a vida em capítulos, dividir os dias em anos e desejar novos ventos para o próximo ciclo, isso sim é algo inteligente (e poético) a se fazer. No entanto, peço licença se pareço ambiciosa, mas eu quero mais que saúde para você, mãe, em 2022.

Ano que vem eu desejo a você mais autoconfiança. É disso que quero falar, sobre autoconfiança. Acredite na sua conduta materna, no seu instinto, nos seus valores. Estude, aprenda e melhore – mas faça isso por você. Não porque recebeu uma crítica de alguém que não faz a metade do que você faz.

A autoconfiança materna é posta em cheque a todo momento: quando optamos não levar agasalho e alguém acha que você esqueceu, quando o filho está a brincar livremente a alguém acha que ele vai cair e morrer, quando seu filho não almoça igual ao filho da fulana... Exemplos bobos, que podem ser substituídos por outras situações que vivemos diariamente e nós, mães, sabemos muito bem do que se trata. Ter autoconfiança no seu maternar é um ato revolucionário libertador que eu te desejo para 2022.

Observe com clareza as críticas que lhe recaem, perceba o quanto são vazias de atitudes e ações efetivas para colaborar com o bem estar do seu rebento, perceba que se tratam apenas de comentários inúteis e dispensáveis, nenhuma novidade ou situação com a qual você não está lidando.

Seja autoconfiante.

Atente para os sacrifícios que você faz todos os dias, seja abrindo mão da convivência diária com seu filhote para trabalhar e prover o que há de melhor, seja abdicando de uma carreira e dependendo financeiramente de um terceiro, perceba: sua escolha, sua conduta, ninguém por perto faria melhor. Até poderia, se quisesse, se fosse fácil. Mas fácil mesmo é falar.

Nesse ano que se inicia, desejo que a autoconfiança e alegria estejam sempre contigo e com seu(s) filhxs, que a força da maternidade possa conduzir os seus passos numa estrada de amor e boa convivência com as pessoas que você ama e convive. Que seja um ano de muita saúde e que alguma tranqüilidade possa vir também, se der. No mais, segue e confia em ti, no seu trabalho incessante, nas suas decisões de corpo, alma e coração.

Ser mãe é um papel social que anula muitos outros, então se você, assim como eu, está nessa jornada, esteja sempre autoconfiante da sua conduta e exerça a sua existência com alegria.

Que seja um feliz ano novo para todas, todes e todos!

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.