Raquel Marcato lança livro sobre maternidade em Juiz de Fora

Autobiográfica, mas escrita através de voz coletiva, a obra aborda o empoderamento de uma mãe diante das suas emoções

Angeliza Lopes
Repórter
12/12/2016
foto

A maternidade é um dos papeis mais idealizado pela sociedade, que, por vezes, esquece de compreender a mulher como indivíduo que erra e acerta, sente e experimenta diversas formas de ser mãe. Mas, como vivenciá-la sem culpa? Embasada pelo questionamento sobre esta relação e em sua própria experiência como mãe, que a escritora Raquel Marcato desenvolveu a obra “Quando Nasce uma Mãe”, com participação da fotógrafa e jornalista Malu Machado, responsável por traduzir a narrativa em imagens. O livro será lançado em Juiz de Fora no dia 17 de dezembro, às 17h no Soul Planet, na rua Moraes e Castro, 218. 

Autobiográfica, porém escrita através de uma voz coletiva, a obra aborda o empoderamento de uma mãe diante das suas emoções, contando com a participação de 40 mães com seus filhos. Colunista da ACESSA.com e autora do blog  mamaesavessas.com, idealizado há seis anos, Raquel diz que a obra já estava “pronta” em algum lugar, mas precisava do momento certo para poder escrevê-la. “Hoje, sou capaz de entender o porquê que esse livro teve que me esperar… Apenas fui capaz de escrevê-lo quando passei a acolher a mãe que posso ser para minha filha”, afirma a mãe de Marta, de 6 anos.

A escritora explica que o livro trás reflexões no sentido de humanizar a mãe que é possível ser para um filho. Não há censura, nem discursos, nem cartilha. “Aqui acreditamos que acolher uma emoção, seja ela qual for, é dar um grande passo de lucidez dentro da nossa maternidade. Questões como: o amor tem que ser incondicional? Queremos ser mãe toda hora? Onde está a mulher que também somos? São abordadas na obra”.

Mestre em Literatura Comparada na Universidade Autônoma de Barcelona, cidade na qual reside atualmente, a autora após vencer um câncer, tornou-se ativista pelo autoconhecimento. Hoje, ela vive uma maternidade mais questionadora, sem modelo ideal. A culpa, medo, solidão, vaidade, inseguranças são realidades para quem é mãe ou pai. Raquel relata que enfrentar esses sentimentos e verbalizá-los fortalece os pais.

“Ser mãe foi e vem sendo um processo intenso, conflituoso, amoroso e evolutivo. Através da maternidade revisito sempre a minha história de vida. A menina da infância, assim como a adolescente que fui, sem esquecer da mulher que me tornei, influenciam na mãe que sou hoje. Ela se constrói a partir dos traumas, das alegrias, das frustrações, das expectativas, dos discursos, das promessas e dos exemplos que vivenciei. É um diálogo constante entre a nossa imensa luz e a nossa, inevitável, sombra”.

Texto em imagem

Do bate-papo entre Raquel e Malu, há um ano, em um café, se consolidou a parceria fundamental para tornar o projeto possível. A fotógrafa e jornalista recorda que tentou imaginar as melhores imagens que ilustrariam as palavras da narrativa. “Como um pintor que pinta um quadro, nem sempre a pessoa que o visita tem a mesma impressão. O meu desafio era interpretar a fala da Raquel em imagens. Comecei a pensar em cenas, como se fosse um filme. Coloquei para ela as ideia, algumas topou de cara, já outras fomos repensando juntas”, relata. Cada imagem vem acompanhada de uma frase dita por mães que expressão sua relação com a maternidade de forma verdadeira.

foto

Malu é mãe de Rafael, 12 anos, e todo o seu trabalho como fotógrafa tem como foco o universo feminino. “A maternidade é uma entrega incondicional. Principalmente nos primeiros anos de vida da criança. Ninguém liga um botão e vira mãe na hora que o filho nasce. Isso é um mito. Esse amor, essa entrega, é um aprendizado. O convite de Raquel para ilustrar este livro me tocou, porque ela fala dessas questões. Ela coloca o dedo na ferida e nos faz pensar".

Após o seu lançamento no dia 17 de dezembro, o livro ficará disponível para vendas no Soul Planet, no Alto dos Passos.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.